Pesquisa Datafolha: Lula tem 49% das intenções de voto, contra 45% de Bolsonaro

A nova rodada da pesquisa Datafolha mostra o candidato do PT a presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, com 49%, contra 45% do candidato à reeleição pelo PL, Jair Bolsonaro. Há uma semana, o placar era 49% contra 44%. A distância entre os dois agora é de quatro pontos percentuais. São 4% os que dizem votar branco e nulo, e 1% está indeciso ou não respondeu.

Como a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Lula e Bolsonaro aparecem agora empatados pela primeira vez, no limite máximo possível. De acordo com o Datafolha, nesse caso o empate é mais improvável.

Na estimativa de votos válidos, quando são excluídos da amostra os nulos, brancos e indecisos, Lula aparece com 52%, contra 48% de Bolsonaro. Na sexta-feira passada, data da última pesquisa Datafolha, a simulação de votos válidos deu 53% a 47%. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulga os resultados somente em votos válidos — entenda a diferença e por que o debate ganhou relevância neste ano. Mais uma vez, a situação é de empate improvável no limite da margem de erro.

Uma terceira forma de olhar para os resultados de hoje é por meio das respostas espontâneas, quando os eleitores precisam dizer de cabeça em quem votarão. O ex-presidente aparece com 47%, e Bolsonaro soma 44%. Na semana passada, Lula tinha 46%, enquanto o atual chefe do Executivo aparecia com 41%. A diferença entre os dois passou de cinco para três pontos percentuais no período, ligeiramente mais apertada do que na pesquisa estimulada.

A proximidade entre os resultados dos votos nas perguntas estimuladas e espontânea demonstra alto nível de sedimentação dos votos e pouco espaço para mudanças. Na espontânea, são 3% de indecisos, um estoque baixo, porém ainda disponível para estratégias de comunicação de ambos os candidatos até o dia 30.

A pesquisa Datafolha foi feita após o debate do último domingo organizado pela Band, TV Cultura, Folha de S.Paulo e Uol e a polêmica envolvendo Bolsonaro e jovens venezuelanas. Contratado pela TV Globo e o jornal “Folha de S.Paulo”, o Datafolha entrevistou entrevista 2.912 eleitores de 17 a 19 de outubro para o levantamento, que tem margem de erro estimada em dois pontos percentuais para mais ou menos. O número de identificação no TSE é o BR-07340/2022.