Denúncias de fake news no TSE ultrapassam 22 mil  

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, até o momento, ocorreram 22.109 denúncias de fake news relacionadas às eleições, uma média de 185 por dia, e 7 denúncias por hora. Uso de perfis falsos (15.406) e disparos em massas de informações que não são verídicas (2.732) são as denúncias que mais ocorreram no Sistema de Alerta contra fake news do TSE.
 

Daniel Barbosa, especialista em segurança da informação da ESET, ressalta que “é importante que o usuário esteja atento ao consumir informações online, pois além de poder acabar recebendo fake news, muitas das mensagens veiculadas deste tipo acabam se utilizando de links e campanhas maliciosas que podem causar prejuízos, como o roubo de dados pessoais e, até mesmo, o comprometimento do dispositivo que está sendo utilizado pelo usuário com algum tipo de malware”.
 

Assim como existe o Sistema de Alerta do TSE, a ESET alerta que existem outras diversas plataformas de checagem de fatos, investigando e avaliando a qualidade das informações incluídas em uma notícia ou em uma publicação viral nas redes sociais.
 

A ESET recomenda que, ao receber uma notícia, o usuário sempre verifique a fonte da informação recebida antes de compartilhá-la. Outra forma de contribuir para a verificação dos fatos e o compartilhamento de informações verídicas é monitorar os conteúdos que recebe e enviar às agências de Fact Check quando perceber que pode ser uma informação falsa. Além disso, ao sinal de que alguma mensagem é enganosa, o usuário pode denunciá-la por meio das próprias ferramentas que as redes sociais, como WhatsApp, Twitter ou Instagram, oferecem.