Sindicato dos Oficiais de Justiça do Acre pede ajuda da OAB/AC

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Acre (Sindojus-AC) pede, via ofício, que os advogados coloquem o máximo de informações possíveis na peça inicial (exordial ou denúncia), para que a vara responsável pela confecção do mandado o abasteça com as informações necessárias ao seu cumprimento, e, por sua vez, o andamento do processo e celeridade processual.

De acordo com o ofício, o objetivo é dar cumprimento aos mandados com eficácia, celeridade, economia processual e eficiência em busca de uma melhor prestação jurisdicional.

O secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre (OAB/AC), André Marques diz que o alinhamento entre os protagonistas do processo judicial é fundamental para a solução de conflitos.

“Com a previsão expressa do princípio da cooperação, as partes e terceiros envolvidos devem atuar de maneira colaborativa ao deslinde do feito, de modo que muito interessa aos advogados a célere prestação jurisdicional. Assim, oportuna e salutar a sugestão do Sindojus, que busca entregar melhor prestação jurisdicional à advocacia, e consequentemente à sociedade”, pontua.