Salve a piscina olímpica Armando Nogueira

MANOEL FAÇANHA

Recebi durante a semana uma ligação de uma profissional de Educação Física preocupadíssima com as condições de conservação da piscina olímpica da Escola Estadual Armando Nogueira, obra inaugurada em dezembro de 2006, inclusive, com a presença do medalhista olímpico Fernando Scherer, o Xuxa, assim como do saudoso presidente da CBDA, Coaracy Nunes Filho.

A educadora não negou que o espaço físico teria recebido nos últimos dias benfeitorias, como limpeza e troca de água, mas a sua preocupação vai além desse tipo de ação paliativa. Ela espera que o poder público crie realmente mecanismos capazes de conservar e implementar melhorias na infraestrutura da piscina, como, por exemplo, a reativação da cobertura das arquibancadas, essa danificada após um vendaval ocorrido há vários anos.

Os tempos são difíceis e não podemos negar que a pandemia do novo coronavírus prejudica as ações do poder público, mas não podemos deixar que um espaço valoroso e destinado à criação de talentos venha a ser dilapidado pelo tempo aos olhos da sociedade e da omissão do estado.