RGC diz que dirigentes não podem ficar à beira do campo; FFAC vai cumprir

As equipes do Náuas, Andirá e Plácido de Castro contam com dirigentes nas suas comissões técnicas.

As equipes do Náuas, Andirá e Plácido de Castro ganharam um grande problema para administrar neste início de temporada, principalmente as duas primeiras.  Atendendo à legislação esportiva, a Federação de Futebol do Acre (FFAC) resolveu exigir que a partir de agora os dirigentes exerçam funções na comissão técnica não estejam mais à beira do gramado, conforme determina o Regulamento Geral de Competições (RGC) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), onde no seu artigo oitavo, no sétimo parágrafo deixa claro que dirigentes de clubes de futebol não podem usar nenhuma das funções da comissão para ficar no banco de reservas durante a realização de uma partida.

O presidente do Náuas, Zacarias Lopes, disse para o Blog do Chico Pontes que foi pego de surpresa, mas que não pode ser contrário a legislação. O dirigente disse que vai levar a situação para o Conselho Deliberativo do Cacique do Juruá. “Não temos recursos para contratar um treinador e vamos nos reunir para buscar uma alternativa para a situação”, comentou Zacarias Lopes.

No Morcego, o presidente Afonso Alves não somente cuida da organização do clube, mas também é o preparador físico do time profissional e das categorias de base. Já no Tigre do Abunã, o presidente Renato Garcia também acumula o cargo de dirigente e médico, mas raramente está à beira do gramado.

Conforme o ge, a norma já estava prevista nas últimas temporadas no RGC, mas apenas em 2022 a FFAC passará a exigir o cumprimento da mesma. A medida vale tanto para as competições profissionais quanto das categorias de base.

Início

Nesta temporada, 11 clubes disputam o título de campeão e as vagas nas competições nacionais para o ano de 2023. Conforme o regulamento, as equipes estão divididas em dois grupos, sendo um com seis e outro com cinco. Os três melhores clubes de cada chave avançam para o returno e cinco deles ficam eliminados da competição.

A primeira rodada do estadual começa no dia 13 de fevereiro com os duelos entre Rio Branco e Adesg (15h) e Humaitá x Independência (17h). Os dois jogos serão no estádio Florestão.