MPAC e Polícia Militar deflagram Operação Oppidum Populi e prendem autores de ataques à Cidade do Povo

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou durante o final de semana a Operação Oppidum Populi, que tem por objetivo a prisão de integrantes de uma facção criminosa responsável pelos ataques registrados no conjunto habitacional Cidade do Povo, no dia 05 de abril.  

Um grupo de criminosos armados com armas de grosso calibre invadiu as ruas do bairro e efetuou vários disparos contra rivais, deixando uma pessoa morta e outras feridas. Após intenso trabalho investigativo foram identificadas através de filmagens e cruzamentos de bases de dados sete pessoas entre executores e mandantes da ação.  

Segundo o promotor de Justiça Bernardo Albano, coordenador-adjunto do Gaeco, a operação  teve início no sábado e nesta segunda outras duas pessoas foram presas.  

Foram expedidos 9 mandados de prisão e de busca e apreensão pela Vara de Delitos de Organização Criminosa e a operação está em andamento.  (Agência de Notícias do MPAC)