Leo de Brito se junta às lideranças indígenas em manifestação no Congresso Nacional

Seguranças tentaram impedir o parlamentar de levar água e prestrar apoio

Seguranças tentaram impedir o deputado federal do Partidos dos Trabalhadores do Acre (PT/AC), Leo de Brito, de entregar água e prestar apoio às lideranças indígenas, que ocuparam a cúpula do Congresso Nacional, na tarde desta terça-feira, 8.

Os líderes indígenas protestaram contra o Projeto de Lei (PL) 490/2007, que abre as terras indígenas para a exploração econômica predatória e inviabiliza, na prática, novas demarcações. Os indígenas exigem que o PL 490 seja retirado de forma definitiva da pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJC) da Câmara dos Deputados.

“A proposta é inconstitucional e prevê abertura das terras indígenas para exploração econômica predatória e inviabiliza novas demarcações. O projeto está na pauta da CCJ para ser apreciado nesta quarta-feira, vamos lutar para retirá-lo de pauta definitivamente. Nossa luta é em defesa dos povos indígenas, que estão sendo massacrados pelo governo Bolsonaro”, disse o parlamentar acreano.

Após diálogo, o deputado adentrou na manifestação e se uniu aos povos originários na manifestação.