Connect with us

Polícia

Em operação conjunta, traficante é preso na Bolívia e entregue à polícia do Acre

Published

on

Um homem identificado como Marcos Pereira, investigado por tráfico de drogas no Acre e na Bolívia e preso por autoridades bolivianas foi entregue à Polícia Civil acreana nesta quinta-feira (7) no interior do estado. De acordo com a polícia acreana, o suspeito tinha oito mandados de prisão abertos em seu nome e estava sendo monitorado.

Ele é investigado nos dois países por tráfico de drogas, furto e roubo de veículos. A Polícia Civil o classifica como “um dos narcotraficantes mais perigosos do estado”, e “o principal responsável por furtos de veículos do Acre”.

As investigações iniciadas pela delegacia de Plácido de Castro apontam que o suspeito, identificado apenas como M.A.S.P., utilizava aviões para fazer o transporte de drogas entre os dois países.

De acordo com o delegado Pedro Buzolin, a atividade-fim das organizações criminosas, com o furto dos veículos, é o tráfico de drogas. Ainda segundo ele, a busca pelo investigado já durava dois anos.

Advertisement

“As guerras delas [organizações criminosas] aqui no Acre é para dominar a rota de tráfico de drogas. Muitos desses veículos eram furtados de produtores rurais, de propriedades próximas à fronteira e levadas para dentro da Bolívia onde eram, provavelmente, trocados por cocaína”, frisou.

Após ser preso em território boliviano e trazido ao Acre pelo ministro da Justiça da Bolívia Eduardo del Castillo, o suspeito foi encaminhado para um presídio em Rio Branco, onde ficará à disposição da Justiça. De acordo com a polícia, a pena somada de todos os crimes podem chegar a 200 anos de prisão. (g1 AC)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *