Brasil sente falta de Neymar, mas “a equipe faz a estrela”, diz Tite

Segundo Tite, substituição de Lucas Paquetá por Rodrygo no intervalo se deu por opção tática, e não pela condição física do atleta.

Tite, técnico da Seleção Brasileira, durante a partida contra a Suíça pela Copa do Mundo no CatarTite, técnico da Seleção Brasileira, durante a partida contra a Suíça pela Copa do Mundo no Catar – Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite admitiu que a Seleção Brasileira sente falta do atacante Neymar na Copa do Mundo no Catar, mas pontuou que “a equipe faz a estrela” e destacou o leque de opções à disposição dele no banco de reservas.

“A gente tem o privlégio de ter um elenco muito qualificado”, afirmou Tite em entrevista coletiva nesta segunda-feira (28), logo após a vitória brasileira contra a Suíça, que garantiu a classificação da Canarinho para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Mesmo valorizando o poder do coletivo, Tite, ainda assim, teceu elogios às habilidades de Neymar. “Ele tem atributos diferentes e, num momento mágico, ele finta um, dribla outro”, afirmou. “[A equipe] sente [falta], sim. Ele tem um poderio criativo”, acrescentou.

Com uma lesão no tornozelo, Neymar ficou de fora da vitória por 1 a 0 contra a Suíça. Lucas Paquetá desempenhou a função do atacante no jogo, mas foi substituído no intervalo por Rodrygo.

Segundo Tite, Paquetá foi substituído por opção tática, e não por não ter condições de jogo. “Às vezes o jogo pede algumas coisas. Temos de ter a capacidade de lê-lo”, afirmou. “O jogo pediu outras possibilidades, e aí veio a entrada de Rodrygo”, acrescentou.

Em campo, Rodrygo participou da jogada do gol de Casemiro – foi dos pés dele que saiu a assistência – e também do gol anulado pelo árbitro de vídeo (VAR) – deixando de calcanhar para Casemiro, que acionou Vinícius Júnior no lado esquerdo do campo.

Perguntado se ocorrerão novas mudanças no time titular da Seleção Brasileira, Tite disse que, primeiro, acompanhará como os jogadores presentes no jogo desta segunda-feira (28) se recuperarão do desgaste físico. “Vamos desfrutar da classificação primeiro”, afirmou o auxiliar técnico César Sampaio, também presente na entrevista.

Tite também confirmou que o lateral-esquerdo Alex Sandro deixou o campo para a entrada de Alex Telles por ter sentido o músculo da coxa. Não foram dados detalhes sobre como está o atleta. A lateral-direita já está sendo ocupada pelo zagueiro improvisado Éder Militão, após Danilo, assim como Neymar, lesionar o tornozelo.