Açao conjunta prende líderes de quadrilha de puxadores de caminhonetes em Plácido de Castro

As prisões ocorreram no centro de Plácido de Castro, na Avenida Diamantino Augusto de Macedo, por volta das 18h desta terça-feira, 04, após cerco dos agentes das forças de segurança do Estado.

Uma ação conjunta das forças de segurança do Acre na noite desta terça-feira, 04, envolveu agentes da Polícia Civil, Polícia Militar e da Polícia Federal, culminando na prisao de E.S.F., e E.S.F., de 20 anos, investigados pelo roubo das caminhonetes da prefeitura.

As prisões ocorreram no centro de Plácido de Castro, na Avenida Diamantino Augusto de Macedo, por volta das 18h desta terça-feira, 04, após cerco dos agentes das forças de segurança do Estado.

E.S.F., de 20 anos foi preso por envolvimento nos roubos das caminhonetes da prefeitura de Plácido de Castro em 30 de dezembro de 2020.

Ele é figura chave no esquema de roubos Brasil-Bolivia, pela sua destreza em pilotar caminhonetes em estradas de terra nas condições mais adversas.

O investigado também é conhecido pela alcunha de “Mecânico” pelo seu dado conhecimento e habilidade no consertos de veículos.

Ainda na ação, foi preso A.S.S. de 47 anos, na posse de uma arma de fogo, uma das lideranças da Organização Criminosa hoje hegemônica no Baixo Acre.

A.S.S é importante peça da organização criminosa. Elo de ligação entre as lideranças de Rio Branco, de Plácido de Castro, Vila Campinas e de Acrelândia.

Ele também é envolvido nos crimes de receptação, roubo e tráfico de drogas.

Sua prisão representa êxito do trabalho investigativo realizado pela Policia Civil e integração total das forças de segurança no combate a criminalidade.

Os presos foram encaminhados à Delegacia Geral de Placido de Castro para procedimento praxe e em seguida colocados à disposição da justiça.