Zé Marco fala da eliminação do Galo na Copa do Brasil-2021

MANOEL FAÇANHA

Um dia após a eliminação dolorosa para o Picos-PI pela primeira fase da Copa do Brasil-2021, em jogo ocorrido na última quarta-feira (17), no interior do Piauí, o técnico Zé Marco, do Atlético Acreano, concedeu entrevista ao programa o “O Grande Lance Esportivo”, da Rádio Difusora Acreana. 

O treinador celeste fala em eliminação dolorosa para o Picos-PI. Foto: Manoel Façanha

O treinador celeste durante a entrevista lamentou várias vezes a forma dolorosa de como se deu a eliminação do Galo Carijó. “O time suportou bem a pressão do adversário, mas, num lance infeliz, já nos acréscimos da etapa complementar de jogo, o árbitro marcou uma penalidade a favor do time da casa e perdemos a oportunidade de avançarmos na competição e ainda faturarmos uma premiação que era importante para a sequência da temporada”.

Justificativa

Entre os motivos para a proposta de jogo defensiva, a qual irritou o torcedor celeste, Zé Marco justificou a ausência de treinos e também de jogos oficiais. “Nosso tempo de preparação para a Copa do Brasil praticamente não existiu. Nossa classificação de risco para a pandemia do novo coronavírus não permitiu a realização das atividades como queríamos e isso creio que pesou em vários aspectos no sentido de posicionar a equipe dentro de campo como pretendíamos para encarar o Picos-PI”, explicou Zé Marco.

Prejuízo de R$ 675 mil

Com a eliminação precoce no torneio nacional, o Galo Carijó perde a possibilidade de arrumar a casa no que diz respeito às finanças e planejamento para formar um time competitivo para a sequência da temporada. O técnico Zé Marco já havia avisado que gostaria de contar com mais algumas peças para a sequência da temporada – um atacante, um meia e mais um lateral esquerdo eram as prioridades, mas com a eliminação, a conversa pela aquisição de novos jogadores pode não fluir e a tendência será o treinador aguardar com paciência pela possibilidade do surgimento de algum parceiro para bancar esses gastos com o departamento de futebol. 

Retomada das atividades? 

A delegação do Atlético Acreano retorna à cidade de Rio Branco na noite desta sexta-feira (19). O técnico Zé Marco pretende conversar com a diretoria para buscar uma alternativa de trabalho para os jogadores continuarem em atividade até a legislação sanitária permitir a retomada dos treinos e jogos. 

Técnico pede apoio do governo

O técnico aproveitou a entrevista para pedir ajuda do Governo do Estado para a fomentação das atividades das equipes. “Gostaríamos que a conversa de uma possível parceria financeira entre o poder público e os clubes viesse realmente a ser concretizada, principalmente neste momento de crise sanitária e financeira que o nosso país está passado”.

“Entendemos e concordamos com torcedor que poderíamos termos jogado um pouco mais. No entanto, a nossa estratégia de jogo nos deixou com a mão na vaga da segunda fase da Copa do Brasil até aos 47 minutos do segundo tempo”.

Zé Marco, técnico do Atlético-AC