Indígena de 37 anos morre afogado ao atravessar rio em Feijó

O indígena Narcisio de Souza, de 37 anos, morreu afogado na tarde de sábado (11) na cidade de Feijó, no interior do Acre. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer as buscas pelo corpo de Souza, que foi encontrado somente na manhã de domingo (12).

Conforme o major Cláudio Falcão, dos bombeiros, duas versões sobre o caso foram relatados à equipe no local. A primeira de que Souza teria se afogado após a embarcação que ele estava ter virado, já a segunda é de que ele teria tentado atravessar o rio nadando e acabou se afogando.

“Ali nas proximidades da cidade tem aldeia indígena e as pessoas vão para a cidade para se divertir e nem sempre no retorno tem barco para atravessar a pessoa e muitos se aventuram nadando. Então, temos duas versões para o acidente desse senhor, uma é que a canoa dele virou e como ele estava de bota e calça, acabou não conseguindo nadar. E a outra versão é que ele tentou atravessar a nado”, disse Falcão.