Saiba o que pode e o que não pode no dia da votação

Neste domingo, 28, eleitores de todo o país irão as urnas para escolher o próximo presidente da República e alguns estados, também governador. Para garantir a tranquilidade da votação os eleitores precisam obedecer algumas regras, estabelecida pela lei eleitoral.

Confira o que pode e o que não pode no dia da votação.

Uso de bandeiras e camisetas do candidato: É liberado a manifestação da preferência do eleitor, desde que seja de maneira individual e silenciosa. São permitidas bandeiras sem mastro, broches ou adesivos no local de votação. Uso de camisetas foi liberado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O eleitor poderá usar a camiseta com nome de seu candidato preferido, sem fazer propaganda eleitoral a favor dele, desde que seja distribuída.

Colinha: O eleitor pode levar, em papel, os números dos candidatos anotados. Não é permitida a “cola” em celular na hora de votar.

Uso de celular: Não é permitido o uso do celular para garantir o sigilo do voto, ou seja, não pode tirar selfie na hora da votação ou tirar foto do voto.

Acompanhante: O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança na hora de votar, mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral.

O uso de Alto-falante e carreatas, boca de urna, do consumo de bebidas alcoólicas são proibidos