Rio Branco aparece como zona crítica com 80% dos leitos de UTI ocupados, segundo a Fiocruz

Nesta quarta-feira, 26, três pessoas morrem por Covid-19 na Capital

O Boletim do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta que a capital do Acre está com 80% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados para pacientes infectados com a doença. Na classificação da Fiocruz, Rio Branco está como zona crítica.

O Estado pretende ampliar os leitos (Foto: Odair Leal)

A situação é ainda mais grave se os dados analisados forem da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), que indica a taxa de ocupação 90% dos leitos de UTI na capital acreana. Oito pacientes com tratamento de Covid-19 estão internados no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC) – hospital de referência na cidade.

Segundo a Sesacre, no momento, o Sistema de Saúde do Acre dispõe de: Rio Branco – 10 leitos de UTI Covid e 40 leitos de enfermaria no Into-AC; Cruzeiro do Sul – 10 de UTI Covid e 10 de enfermaria; Brasileia – Três leitos de enfermaria.

A terceira onda da pandemia e o aumento no número de infectados e óbitos obrigaram o governo do Estado a ampliar os leitos disponíveis para tratamento da doença na rede pública. De acordo com a Sesacre, a previsão é de abrir mais 10 leitos de UTI Covid no Into-AC, na capital, e 10 leitos de enfermaria e cinco semi-intensivo em Brasileia, interior do estado.

No Pronto Socorro de Rio Branco também tem pacientes internados com Covid-19. De acordo com a Rede Amazônica Acre, 27 pacientes estão internados atualmente na unidade com Covid-19. Desse total, quatro estão intubados na emergência porque a unidade não dispõe de leito de UTI Covid. Os pacientes infectados estão isolados.

Mortes e infecções

Nesta quarta-feira, 26, o estado registrou três mortes devido complicações da doença e 938 novos casos de infecção do novo coronavírus. Os dados são do boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

As vítimas fatais da doença faleceram em Rio Branco – dois idosos (91 e 94 anos) e um paciente de 47 anos. Com os novos registros, o número de mortes oficiais por Covid-19, no Acre, subiu para 1.860.

Já o número de infectados subiu para o número de infectados subiu para 96.532 em todo o estado. Até o momento, o Acre registra 270.934 notificações de contaminação pela doença, sendo que 174.320 casos foram descartados e 82 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 88.164 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 53 seguiam internadas.