Projeto de Teatro nas Escolas combate evasão escolar

A Companhia Amazônica de Teatro Tertúlias/Acre, que tem a parceria da Fundação Garibaldi Brasil, da Universidade Federal do Acre e o apoio da empresa Protection Face Shields, vem desenvolvendo o Projeto Circulação Tecnotertúlias, dedicado a um só tempo à formação de artistas, técnicos e espectadores para o Teatro acreano, e também ao combate à evasão escolar. Na próxima quarta-feira, 11, às 14 horas, será realizada a primeira apresentação do projeto, na Escola Jornalista Armando Nogueira.

Com a pandemia e a crise econômica, a evasão dos estudantes tornou-se um problema ainda mais grave nas escolas e também na UFAC, e o objetivo do projeto é utilizar a diversão e o envolvimento do teatro para atrair os estudantes de volta ao ambiente escolar, ressignificando o espaço e as relações dentro da comunidade escolar através da arte e da cultura.

Como funciona

A equipe do Projeto Circulação Tecnotertúlias estabelece parceria com escolas para que recebam uma Tecnoleitura, que é como o grupo chama o estilo inventado por seu diretor, o professor da UFAC e diretor teatral Flávio Lofêgo. Trata-se de uma fórmula para a encenação de leituras dramatizadas com a participação de estudantes das escolas atendidas, tendo todos os integrantes da Cia. Tertúlias como monitores dos estudantes. Esses estudantes vão ter a oportunidade de, por uma semana, experimentar a participação em uma companhia de teatro profissional, e em um espetáculo de alta qualidade artística.

As tecnoleituras apresentam ao público das alguns textos importantes da dramaturgia brasileira e acreana, em uma encenação dinâmica e surpreendente, com a participação de estudantes da escola atendida e da UFAC nas cenas. Na Escola Armando Nogueira o texto abordado será O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues, com posterior debate com os estudantes sobre desinformação, cyberbullying e privacidade digital.

O projeto deriva das pesquisas do mestrado em Ciência da Informação do Prof. Flávio Lofêgo, em que ele analisa as potencialidades do teatro utilizado como ferramenta de engajamento e disseminação de competência crítica informacional.

QUANDO: QUARTA, DIA 11 DE MAIO ÀS 14H

ONDE: ESCOLA JORNALISTA ARMANDO NOGUEIRA (Est. Dia Martins)

O QUE: Tecnoleitura de O Beijo no Asfalto, no Projeto Circulação Tecnotertúlia Outras informações: [email protected]