Prefeito Mazinho Serafim segue internado no Hospital Santa Juliana

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Juliana, em Rio Branco. O gestor teve um princípio de infarto após uma discussão com o deputado estadual Gehlen Diniz (Progressista) na manhã de quarta-feira, 25, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Mazinho fez um cateterismo e uma angioplastia, está em observação e seu estado de saúde é estável.

O desentendimento entre Mazinho e Gehlen teve início após o deputado falar novamente sobre a usina de asfalto do município de Sena Madureira. Ele frisou que o local estaria em mãos particulares ao invés de está sendo usado pelo poder público.

“De ontem [terça, 24] para hoje [quarta], já se passaram mais 24 horas em que uma usina de asfalto, avaliada em R$ 3 milhões, pertencente ao município de Sena Madureira, dois rolos compactadores e uma máquina acabadora de asfalto estão nas mãos de particulares”, disse. E acrescentou: “um patrimônio de R$ 3 milhões pagando um aluguel de aproximadamente R$ 1 mil por dia. O cidadão que faz uma coisa dessas é um criminoso, tinha que estar preso, não é digno de ser prefeito de uma cidade”.

Serafim invadiu o plenário da Casa Legislativa e trocou ofensas com o deputado. A sessão foi suspensa e gestor municipal foi retirada do parlamento.

Gehlen reafirma denúncias

Após a sessão ser retomada, Gehlen lamentou o ocorrido, reforçou a denúncia e caracterizou o prefeito de Sena Madureira como ‘destemperado e agressivo’.

“Um cidadão totalmente destemperado e agressivo. Se você faz uma denúncia e a denúncia não é verdadeira, então o caminho é processar o autor. Só que fiz diversas denúncias, todas verdadeiras e ele não aguenta críticas. Infelizmente, Sena Madureira tem que conviver com esse tipo de gente por mais dois anos”, falou Diniz.

Até o fechamento desta edição, o prefeito de Sena Madureira permanecia em observação na UTI do Hospital Santa Juliana.