Orientações da RBTRans sobre trafegar em vias esburacadas ganha destaque na Câmara de Rio Branco

“Tenho certeza absoluta que isso não saiu da cabeça do Bocalom”. A frase é do presidente da Câmara Municipal de Rio Branco ao comentar sobre a “Cartilha dos Buracos”, como ficou conhecido as dicas da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Rbtrans) para os motoristas para motoristas que trafegam nas ruas esburacadas na Capital.

“Vossa excelência tem que ter cuidado com esses assessores que tomam as decisões por eles mesmos. Eu tomei um susto. Será que nós vamos ficar quatro anos com ruas esburacadas?”, questionou o parlamentar.

Na publicação, o órgão pede ao motorista que “esteja sempre atento e com o campo de visão aberto”; Além disso, orientou para que se “evite distrações com conversas ou olhares para quem estiver no carro. Isso pode atrapalhá-lo caso seja surpreendido por um buraco e a reação não ser imediata para o desvio. Mantenha-se com a atenção voltada ao trânsito”.

Em outro trecho a RBTRnas orienta sobre a condução em alta velocidade. “Dirigir rápido em ruas ou estradas nas quais se pode encontrar buracos é um passo para ocorrer danos graves ao carro e risco de acidentes. Mesmo com um limite de velocidade alto, mantenha-se abaixo do permitido”.

A parte criticada diz respeito aos buracos na cidade. “Dirigindo em velocidades razoáveis, sempre haverá a possibilidade de avistar buracos e fazer o desvio. Os impactos frequentes desgastam o amortecedor e a suspensão. Evite manutenções desnecessárias. Caso não consiga desviar do buraco, solte o freio”

E acrescentou: “Nunca passe em um buraco com o pé no freio. Isso é prejudicial, pois as rodas travam, aumentando o impacto interno, além de prejudicar a mecânica do carro. Portanto, se não deu tempo de desviar do buraco, apenas solte o freio e deixe o mecanismo de amortecimento trabalhar”.

Críticas da população

As orientações da RBTrans também sofreram muitas críticas da população. Nas redes sociais os internautas chegaram a comentar que a atual gestão tem agudo com desrespeito. “Será que esses gestores estão nos achando com cara de palhaço? Falta de respeito a publicação desse conteúdo”, disse um dos internautas.

Outro questionou se a Prefeitura não pretendia tapar os buracos. “Essa mensagem me leva a crer que a Prefeitura não tem a pretensão de tapar os buracos da cidade. É isso mesmo prefeito?”

Distorceram as informações

Após a repercussão negativa da cartilha, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans) deletou a publicação. A Prefeitura de Rio Branco, em nota, informou que o que ocorreu foi uma distorção das informações para atingir a gestão de Bocalom.

“A publicação feita não é uma cartilha ensinando motoristas a trafegar em ruas esburacadas que, por maldade, relacionaram ao acidente ocorrido na estrada do Calafate. Infelizmente há situações que são distorcidas e usadas para denegrir a atual gestão que, de maneira alguma, se rebaixará a esse tipo de conteúdo”, diz.

Disse mais: “a Rbtrans fez uma única postagem que faz parte de uma conscientização nacional contra acidentes de trânsito no âmbito do maio Amarelo, recomendado pelo Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. Por fim, lamentamos que uma ação que visa a prevenir acidentes tenha sido usada de má fé para atingir os trabalhos que foram iniciados com respeito e zelo para a população rio-branquense”, completa a nota.