O esporte agradece por você ter existido!

Franklin Ingma

Depois de uma semana que Deus te levou, hoje que resolvi te homenagear, e ao invés de chorar tua morte, acredito que seja melhor celebrar tua vida, teus ensinamentos e tua memória. Mas como a vida é um sopro, lembro que há mais de três décadas e meia, te conheci.

Voz grave, modo ímpar de tratar um ser humano, e um profissional muito exigente de si e de seus comandados. Não sei se tinha receio daquele homem ou respeito fraterno, mas aos 9 anos de idade o conheci e sabia que ele era diferente.

” Você vai jogar menino , mas antes vai ter que carregar muita bola. Acordar bem cedo e se dedicar muito”. Essas foram as primeiras palavras que Maurício me disse.

Era terça-feira ( dia da educação física da quinta série) , primeiro treinamento da manhã, às 5:30 . Aquele senhor com cara de bravo, me apresentava naquele dia, minha futura escolha profissional. Depois daquele dia, foram muitas viagens, como atleta e como colega de profissão. Muitos títulos, vitórias, derrotas e principalmente aprendizado.

Tenho muitas histórias e “estórias” dele também , algumas impublicáveis, mas o certo é que Deus o levou embora cedo demais. Espero que ele esteja em um bom lugar, e que um dia nós nos encontremos novamente.

Vai em paz mestre, tuas lições fazem parte de meu D.N.A. O esporte agradece por você ter existido.Até um dia!

Professor e ex-aluno