Mostra Sesc de Cinema deve selecionar até 20 produções; inscrições já estão abertas

Estão abertas as inscrições da quarta edição da Mostra Sesc de Cinema, iniciativa nacional de fomento e difusão de produções audiovisuais independentes de todas as regiões do Brasil. Até 30 de junho, cineastas vão poder inscrever gratuitamente seus trabalhos pelo hotsite www.sesc.com.br/mostradecinema, onde também está disponível o regulamento completo da iniciativa.

A Mostra será composta pelo Panorama Estadual, Panorama Brasil e Panorama Infanto-juvenil. Para o Panorama Estadual, que acontecerá de forma online nos canais do Sesc Acre ou presencialmente nas unidades do Sesc, serão selecionadas até 20 produções. Já para os panoramas Brasil e Infanto-juvenil, serão escolhidos 31 filmes, indicados pelas curadorias estaduais e que terá edição totalmente virtual pela primeira vez no site da Mostra. Sendo possível o formato presencial, o Sesc Acre, seguirá todos os protocolos de segurança da COVID-19.

Podem ser inscritos filmes de curta, média e longa duração que não tenham entrado no circuito comercial de cinema, plataformas comerciais de filmes ou que já tenham inscritas em edições anteriores da Mostra Sesc de Cinema. As obras devem estar disponíveis em formato digital e em plataformas de vídeo, legendadas, caso a obra esteja em outro idioma, e ter sido finalizada a partir de 1º de janeiro de 2019.

Nas três edições anteriores, a iniciativa recebeu mais de 3,5 mil submissões de produções, e Pernambuco se manteve entre os estados com maior volume de trabalhos inscritos. Foi daqui também que foram selecionados para etapa nacional filmes como Mateus, de Déa Ferraz, e Fantasia de Índio, de Manuela Andrade.

“A diversidade da produção cinematográfica selecionada através de uma rede curatorial que reúne todas as regiões do país, mas também a diversidade de públicos que a MSC proporciona aos realizadores, são os pilares dessa iniciativa. Num momento de crise como o que estamos passando agora, garantir incentivos e espaços qualificados de exibição, presencial e virtualmente, é fundamental”, defende a instrutora de Atividades Artísticas do Sesc Pernambuco, Naruna Freitas.

As obras selecionadas no Panorama Brasil e Infanto-juvenil terão contrato de licenciamento para veiculação em caráter educativo e cultural pelo período de um ano. Para isso, terão a remuneração única e o valor varia de R$ 2,5 mil a R$ 5 mil bruto. O resultado com os filmes selecionados será divulgado até o dia 30 de setembro.

Lançado em 2017, esse concurso busca incentivar e dar visibilidade à produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, contribuindo para a promoção e o lançamento de novos artistas de todo o país. Em sua última edição, realizada em 2019, a Mostra Sesc de Cinema recebeu 1200 produções. (Assessoria)