Governo inaugura em Boca do Acre a escola mais moderna do Amazonas

O Centro de Educação de Tempo Integral Elias Mendes foi inaugurado anteontem, quinta-feira (28), durante cerimônia realizada nas dependências do mais novo estabelecimento de ensino de Boca do Acre, que ainda está em fase de conclusão, restando apenas retoques, como aplicação de resina no piso, alocação do mobiliário, entre outros detalhes.

A inauguração teve a presença da secretária estadual de Educação, Kuka Chaves, além da presença do prefeito Zeca Cruz, secretariado e vereadores. O público, formado majoritariamente por trabalhadores da educação e alunos, lotou o pátio de eventos da escola.

Em sua fala, a secretária disse que Boca do Acre estava recebendo uma escola muito moderna, talvez a mais atual do estado. Kuka Chaves deu destaque para a Sala Maker, que vai trabalhar especificamente com tecnologia de robótica, com impressora 3D. Esse mesmo equipamento foi destinado também para as escolas estaduais de tempo integral Danilo Corrêa e Antonio José Bernardo Vasconcelos.

Além disso, a chefe da pasta evidenciou outros detalhes da escola como ginásio poliesportivo, campo de futebol, piscina semiolímpica, laboratório de informática com mais de 40 computadores, biblioteca com grande acervo literário, um grande laboratório de ciências, sala de música, sala de dança, vestiários, entre outros cômodos que fazem do CETI uma instituição de ensino completa.

O centro vai se destinar a estudantes de ensino médio, que permanecerão na escola todo o dia, trabalhando em sala de aula a parte teórica, e no período da tarde, os educandos poderão realizar as práticas educacionais, completando a função social dos conteúdos, ou seja, transformar em ação, aquilo que foi proposto nos conteúdos.

O Elias Mendes vai ofertar mais mil vagas para os estudantes da rede pública de ensino de Boca do Acre.

Quem esteve presente ao evento e ficou muito emocionado, foi o filho do homenageado, Elias Mendes Júnior, que em seu discurso, agradeceu pela memória do pai, que segundo ele, teve papel de grande relevância social para o município.

Críticas ao CETI
O CETI Elias Mendes é uma obra orçada em 18 milhões de reais, que recebeu aditivos em razão do encarecimento dos insumos nos últimos tempos. Alguns assuntos não tão positivos permeiam a construção da escola. O primeiro é o fato da construção ter demorado 8 anos para se concretizar, a partir da sua pedra fundamental, que foi lançada em 2014, pelo então governador Omar Aziz.

O segundo fato se refere à falta de um aterro adequado, uma vez que o centro foi construído abaixo do nível da rodovia que passa na frente, além do terreno ser uma área propícia à inundação quando ocorre grande cheia no município. A logística da clientela é outro fator que deve ser muito bem estudado pela equipe gestora, uma vez que ele a escola está localizada entre a cidade baixa e o Platô do Piquiá, ou seja, é necessário um meio de transporte para chegar até à escola.