Governo divulga o mapa das emendas individuais da bancada federal para o orçamento de 2022

As emendas individuais perfazem o montante para o próximo orçamento de pouco mais de R$ 194 milhões.

Por orientação do governador Gladson Cameli, mais uma vez a Representação do Acre em Brasília (Repac), em um trabalho conjunto com a Secretaria de Planejamento Orçamento e Gestão (Seplag) e de acordo com as planilhas da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional e da coordenação da bancada federal do Acre, organizou o mapa de emendas ao Orçamento Geral da União para o exercício 2022.

As emendas individuais perfazem o montante para o próximo orçamento de pouco mais de R$ 194 milhões e, por lei, cada um dos onze integrantes da bancada ficou com R$ 17.639,365 para aplicar conforme os interesses das populações de suas bases eleitorais. Vale ressaltar que do montante desses R$ 17 milhões, 50% tem que ser destinado, por lei, à saúde.

Aplicações

O mapeamento das emendas individuais mostra que, dos R$ 194 milhões, foram destinados para execução pelo Estado R$ 28.890.366,00 (14,89%); para os municípios, R$ 63.677.143,00 (32,82%); para entidades sem fins lucrativos R$ 4.824.000,00 (2,49%); para aplicação direta R$ 7.237.000,00 (3,73%) e a definir aplicações restam R$ 89.404.506,00 (46,08%).

O atual quadro de distribuição das emendas individuais entre o Estado ficou da seguinte forma:

  • Perpétua Almeida: R$ 8.819.683 para construção da Maternidade de Tarauacá;
  • Jéssica Sales: R$ 4.800.000,00 sendo R$ 500.000,00 para o Hospital do Amor e R$ 3.000.000,00 para a Policlínica do Tucumã. R$ 1.300.000,00 está destinado ao Tribunal de Justiça para aplicação própria.
  • Márcio Bittar: R$ 4.400.000,00 – Transferência direta para o Estado
  • Jesus Sérgio: R$ 4.200.00,00 sendo R$ 2.000.000,00 para a construção da maternidade de Tarauacá; R$ 2.200.00,00 em transferência direta para o Estado.
  • Alan Rick: Estado R$ 3.950.000,00 – sendo R$ 2.000.000,00 para a área de saúde; R$ 350.000,00 para Sejusp (Acre pela Vida); R$ 150.000,00 para a Rádio Difusora de Feijó (equipamentos); R$ 850.000,00 para compra do Hemonúcleo de Cruzeiro do Sul e R$ 250.000,00 para robótica do Colégio Militar Dom Pedro II. Ainda R$ 350.000,00 são destinados ao Tribunal de Justiça.
  • Léo de Brito: R$ 1.400.000,00 sendo R$ 1.100.000,00 para custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial, e R$ 300.000,00 para o Tribunal de Justiça.
  • Sérgio Petecão: R$ 850.000,00 sendo R$ 500.000,00 para o Hospital de Tarauacá e R$ 350.000,00 para o Tribunal de Justiça.
  • Mara Rocha: R$ 470.683,00 para o Hospital do Amor