Fundhacre segue cronograma de exames pré-operatórios para o mutirão de cirurgias

Qualidade de vida para a população, essa tem sido uma das prioridades na gestão do governo do Acre, que vem executando várias ações na saúde pública do estado, como o lançamento do maior mutirão de cirurgias já realizado na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre).

E foi na quinta-feira, 2, que a unidade hospitalar recebeu os pacientes da especialidade de urologia para a realização dos exames pré-operatórios. Ao todo já foram mais de 200 pacientes atendidos nas especialidades de vascular e urologia.

“Nossa programação é chamar cinquenta pessoas por dia, a partir de uma relação encaminhada pela Central de Regulação. Nós acolhemos essas pessoas para verificar se elas têm exames e se estão válidos. Caso não, já fazem na hora e recebem o resultado no mesmo dia. O mutirão é para pacientes que estão há algum tempo na fila e vislumbram a realização das suas cirurgias”, destacou a biomédica Dora Lima.

O mês de junho será para preparar os pacientes. A previsão é que no início de julho as cirurgias possam ser iniciadas na unidade.

O paciente Omar Rodrigues da Silva veio de Sena Madureira para renovar os exames pré-operatórios. Ao lado de sua esposa, Adriana de Queiroz, e sua filha, Alícia Freire Rodrigues, relata a importância da cirurgia de urologia.

“Foi ótimo esse mutirão. Fiquei tão feliz com a ligação que senti uma dose de esperança para minha cirurgia. Esse mutirão vai beneficiar muitas famílias que estão esperando”, destaca o paciente.

Thiago Monteiro da Luz veio de Porto Acre e está na espera pelo procedimento há mais de um ano. “É bastante importante, e vai ajudar muita gente. Tenho amigos que fizeram a cirurgia e foi um sucesso. Tivemos o período da pandemia que atrapalhou. casino in india list Parabenizo o governo pelo esforço na retomada dessa etapa. Uma incitava excelente”, disse.

O mutirão de cirurgias na Fundhacre é um compromisso do governo do Acre, por meio de recursos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC), no valor de R$ 15 milhões, além da emenda parlamentar do senador licenciado Márcio Bittar, no valor de R$ 10 milhões. (Juliana Queiroz / Secom)