Em evento de governadores da Amazônia com Lula, Gladson destaca sustentabilidade e valorização humana

Em encontro na 27ª Conferência das Mudanças Climáticas das Nações Unidas (COP27), em Sharm El-Sheikh, Egito, no estande que compõe o Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, nesta quarta-feira, 16, durante a entrega da Carta da Amazônia, o governador Gladson Cameli reforçou ao presidente eleito da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o compromisso de que o governo federal deve continuar tendo com todos os moradores da região amazônica.

Governadores da Amazônia Legal participaram de encontro com o presidente eleito. Foto: Pedro Devani/Secom

Cameli enfatizou que é preciso que os diversos agentes que participam da COP27 e que buscam soluções para o problema das alterações climáticas do planeta tenham em mente que a preservação da biodiversidade amazônica passa pela valorização humana.

“As pessoas que vivem na Amazônia precisam ter recursos para uma sobrevivência com qualidade de vida. E isso passa não só pela geração de empregos, mas também pela melhoria da nossa educação, da saúde pública, da segurança dos cidadãos e cidadãs, através de uma vigilância efetiva das nossas fronteiras”, completou.

Presidente do Consórcio de Governadores, Helder Barbalho abordou a importância das políticas de conservação e desenvolvimento sustentável. Foto: Pedro Devani/Secom

O governador disse ainda que é preciso fomentar uma economia verde produtiva e sustentável que atenda às necessidades de desenvolvimento da população.

“Isso é possível, como já estamos fazendo no Acre, com o agronegócio crescendo em terras já ocupadas. Coloco-me à disposição para que possamos realizar convênios, parcerias e investimentos que atendam às necessidades da população acreana. Assim como sou o governador de todos os acreanos, o senhor será o presidente de todos os brasileiros”, destacou.

O presidente do Consórcio de Governadores, Helder Barbalho (PA), ressaltou a importância estratégica da Amazônia para o desenvolvimento nacional. “Os governadores da Amazônia Legal reafirmam seu compromisso e seu espírito de cooperação em favor de políticas orientadas à conservação e ao desenvolvimento sustentável da região”, afirmou.

Carta da Amazônia foi entregue durante encontro realizado na COP27. Foto: Pedro Devani/Secom

O presidente eleito disse, em seu discurso aos governadores, que “assinaria a carta sem reparos” e se comprometeu a estabelecer o diálogo entre o governo federal, os estados e os municípios. “É preciso dar aos estados e aos municípios as condições de cumprir as obrigações constitucionais”, observou.

Participaram, ainda, da solenidade os governadores Mauro Mendes (MT) e Wanderlei Barbosa (TO). Como integrante da comitiva de Lula, a governadora Fátima Bezerra (RN) também esteve presente, além da futura primeira-dama, Rosângela Silva, a Janja, senadores, deputados federais e estaduais e secretários de Estado.