Connect with us

Política

“É a eleição da democracia, do agradecimento e da aproximação da Casa do Povo com o povo”, declara Nicolau ao ser eleito na Aleac

Published

on


Ao ser eleito presidente da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) com a unanimidade de votos dos 24 deputados estaduais, o deputado Nicolau Júnior (Progressistas) agradeceu aos pares e declarou sua satisfação com o processo eleitoral realizado no plenário do parlamento acreano na manhã desta terça-feira (09) destacando a democracia, o respeito entre os parlamentares e a aproximação com o povo, como pontos fundamentais da atual gestão da “Casa do Povo”.

“Todas as nossas eleições sempre ocorreram com muita democracia, respeitando o voto de cada deputado e essa não foi diferente. Foi tratado em conversas antes, a intenção da antecipação e também o pedido do voto. Então, é um momento, da minha parte, como presidente eleito e outros que foram eleitos também, de agradecimento, pela confiança de cada parlamentar”, enfatizou.

A posse da nova mesa eleita acontecerá somente do mês de fevereiro de 2025 e a expectativa, segundo Nicolau Júnior, é que os trabalhos na Aleac continuem ocorrendo em harmonia. “Tenho a certeza que vamos continuar trabalhando com essa mesma democracia, com essa mesma motivação, com pouco mais de experiência, e o resultado final, não só meu, mas de todos os 24, é ajudar a população acreana”, frisou.

O presidente eleito da Aleac, fez questão de salientar ainda que sua pretensão primeira é aproximar ainda mais o parlamento acreano da população e agradeceu ao atual presidente Luiz Gonzaga (PSDB) pelo trabalho também realizado nesse sentido.

“A Casa do Povo é a casa que recebe todo mundo, então preciso agradecer o nosso presidente Gonzaga que está fazendo um grande trabalho e vai continuar como presidente até o final desse ano e eu vou estar como primeiro-secretário ajudando a ele até o último minuto e depois com a posse em fevereiro ele vai continuar me ajudando também como primeiro secretário”, sublinhou.

Gonzaga foi eleito primeiro-secretário na nova mesa e Pedro Longo (PDT), permaneceu como vice-presidente, o que na avaliação de Nicolau Júnior representa a força da atual legislatura. “Essa eleição foi construída através da relação de muita humildade e muita responsabilidade que temos com nossos colegas e o pensamento sempre de ter uma Assembleia mais forte e mais democrática”, reforçou

Advertisement

Indagado sobre o significado de ser eleito com a unanimidade dos 24 votos, incluindo os dos deputados de oposição, Nicolau Júnior atribuiu o fato ao bom trabalho que a atual gestão da Aleac vem realizando.

“Gonzaga teve os 24 quando foi eleito presidente e estamos fazendo um bom trabalho junto na primeira secretaria. Então poder participar de uma nova eleição e ter os 24 votos, tenha certeza que a gente fica com uma responsabilidade maior de fazer um trabalho melhor e o objetivo final sempre é aproximar a Assembleia da população, votando e apreciando projetos importantes que sempre estão entrando aqui na nossa Casa e eu só tenho a agradecer a confiança dos colegas deputados”, concluiu.