Deputado Alan Rick é considerado o parlamentar federal que mais trabalha pelo Acre


Em pesquisa divulgada pelo Instituto Data Control, na quarta-feira, 14, o deputado federal Alan Rick (DEM) aparece como o parlamentar federal que mais trabalha pelo Estado do Acre. Cerca de 12,3% dos entrevistados indicaram o democrata, uma diferença de 4% com relação a segunda colocação.

A pesquisa ouviu 400 pessoas entre os dias 05 e 06 de abril. O nível de confiança é de 95%, sendo que a amostragem de erro é de 4,5% para mais ou para menos.

Ao comentar sobre o resultado da pesquisa Alan Rick citou o compromisso com as demandas do Estado e da população. “É gratificante ver que o povo do Acre tem visto nosso esforço em melhorar as condições do Estado. O resultado dessa pesquisa reflete meu compromisso com o povo acreano. Temos realizado um trabalho sério nos 22 municípios nas áreas da Segurança Pública, Saúde, Educação, Produção e outras. Ser considerado o deputado federal que mais trabalha pelo Estado só me dá mais ânimo para continuar lutando por melhores condições pro nosso povo”, disse.

Apoio no combate a pandemia da Covid-19

Na área da Saúde o parlamentar já garantiu mais de R$ 100 milhões, beneficiando hospitais e unidades de Pronto Atendimento (UPA) na capital e interior, além de Unidades Básicas de Saúde nos 22 municípios. Também destinou R$ 10 milhões em emendas extraordinárias para combater a Covid-19 no Acre. Além disso, garantiu 70 respiradores para unidades de saúde na capital e no interior, e intermediou a entrega de mais de 50 respiradores doados ao Estado pelo Ministério Público do Trabalho.

Alan conseguiu ainda a doação ao Acre de cinco mil itens de proteção ao coronavírus (álcool gel, máscaras, luvas e protetores faciais), através da boa relação que tem com o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

Contribui também com R$ 1 milhão em emenda de bancada para a compra de vacinas contra a Covid-19. E juntamente com os demais parlamentares que integram a bancada federal acreana, solicitou ao presidente Bolsonaro a vacinação em massa da população acreana em caráter de urgência.

Segurança Pública

Alan Rick tem sido o deputado que apoia o governo do Estado no fortalecimento da Segurança Pública. Já foram destinados mais de R$ 14,5 milhões em emendas e recursos extras para a aquisição de equipamentos, viaturas, coletes, fortalecimento de programas de Segurança, estruturação de delegacias da Polícia Civil, equipamentos para a PM e Corpo de Bombeiros, reestruturação da DENARC, dentre outras ações.

“Também destinei recursos para a instalação e ampliação do Cerco Eletrônico – sistema de videomonitoramento que tem ajudado as polícias Civil e Militar a prender bandidos e solucionar crimes na capital e interior. Após a implantação do Cerco Eletrônico, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre verificou um aumento de 50% na recuperação de veículos e motocicletas furtadas na capital. Para 2021 já garanti mais uma parcela de R$ 1 milhão, de minhas emendas individuais, para sua ampliação.”

Educação

Na área de Educação, Alan já destinou mais R$ 64 milhões em emendas individuais e recursos extras na qual foram investidos na construção de creches, quadras, escolas, aquisição de ônibus escolares e equipamentos para o ensino fundamental, médio e profissionalizante. Para o Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (IEPTEC) já foram disponibilizados mais de R$ 5,3 milhões em emendas para reformas, aquisição de equipamentos e ônibus escolares, além do trabalho pelo fortalecimento dos cursos técnicos e profissionalizantes.  

Aquisição de equipamentos

Os municípios de Rio Branco, Bujari, Epitaciolândia, Senador Guiomard, Assis Brasil, Cruzeiro do Sul, Brasileia, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Feijó, Tarauacá, Porto Acre, Capixaba e demais cidades do Estados já foram ou serão contemplados com máquinas e equipamentos.

Marco Legal do Revalida no Brasil

Uma das grandes bandeiras de Alan Rick é a defesa dos médicos brasileiros formados no exterior. Alan liderou o movimento para a criação do Marco Legal do Revalida no Brasil aprovado na Câmara dos Deputados em novembro de 2019. “Estou na luta pelos direitos dos MBFEX desde que cheguei à Câmara dos Deputados”.

Em 2015, no primeiro ano na Casa Legislativa, Alan conseguiu tirar a obrigação de dois anos de residência médica no país de formação como requisito para participar do Revalida. A possibilidade de participação dos médicos brasileiros formados no exterior no Programa Mais Médicos, amplamente defendido por Alan, foi outra conquista importante do mandato.

“Apresentei uma emenda a Portaria 1.708/16 garantindo a participação desses profissionais e foi a partir daí que começamos a abrir as portas para esses jovens, que só querem oportunidade de mostrar seu trabalho e atender nosso povo. seguimos firmes nessa luta”, finalizou. (Assessoria)