Covid-19: Maurício Generoso segue intubado, mas apresenta melhoras

MANOEL FAÇANHA

Acometido do novo coronavírus, e há mais de dez dias intubado numa UTI de uma unidade hospitalar de João Pessoa-PB, o quadro clínico de saúde do professor Maurício Generoso a cada dia apresenta melhoras. A grande maioria das taxas de avaliação clínica dele apresenta equilíbrio e a única preocupação da família diz respeito a uma infecção bacteriana que os médicos estão tratando, trocando, inclusive, a medicação para o organismo de Generoso apresentar uma melhor resposta, segundo informou o filho Maurílio Generoso, em conversa de whatsapp com familiares e amigos. 

Maurício Generoso, de 67 anos, chegou a receber alta após a primeira internação para tratar da infecção pulmonar ocasionada pelo novo coronavírus, mas um dia depois voltou à unidade hospitalar em estado delicado e, após exames, os médicos diagnosticaram que ele tinha 50% dos pulmões comprometidos pela infecção, optando assim pela intubação.

Maurício Generoso tem vasta folha de serviços prestados ao desporto acreano. Nos gramados jogou boa parte da carreira na equipe do Juventus durante a década de 1970. Foi preparador físico em vários clubes locais e considerado um dos melhores treinadores de handebol do estado. Maurício também por décadas fez parte da Federação Acreana de Futsal e o último cargo de dirigente esportivo foi na Federação Acreana de Handebol, quando era vice-presidente na gestão da presidente Maria Rosaídes, a Bolha.

Maria Rosaídes, a Bolha, amiga pessoal de Maurício Generoso, com o qual ficou por mais de dez anos na direção da Federação Acreana de Handebol (Fach) está esperançosa na recuperação do amigo/dirigente. “Estou em orações diariamente pela recuperação da saúde do professor Maurício Generoso. Tenho muita fé em Deus na sua recuperação”, comentou Bolha, hoje segunda vice-presidente da Confederação Brasileira de Handebol.