Candidaturas sub judice ainda podem recorrer e disputam as eleições

A Corte Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) realiza nesta segunda-feira, 12, a última sessão para analisar o deferimento das candidaturas a governo, senado, deputado federal e estadual.

No domingo, 11, a Corte realizou uma sessão onde indeferiu cerca de cinco candidaturas. Apesar de terem o pedido impugnados, essas pessoas continuam candidatas, já que ainda é passível de recurso.

“São três dias para transitar em julgado e após este período é passível de recurso por parte dos candidatos”, afirma a assessoria do TRE no Acre.

O que ocorre é que a candidatura vai para a eleição sub judice e se perder os recursos pode ter o cargo cassado em caso de sucesso nas urnas.

Um exemplo é que o acontece com a chapa do governador Gladson Cameli, onde há um pedido de indeferimento na candidatura da vice Mailza Gomes. Caso a corte eleitoral decida na tarde desta segunda-feira pelo indeferimento, Gladson tem a opção de trocar o vice ou seguir com a candidatura sub judice.