Assentamento de produtores do Baixa Verde recebe da Prefeitura de Rio Branco piçarramento em dez ramais

Criado em 2008 pelo Incra, para assentar 211 famílias de produtores rurais sem terra, o projeto de assentamento Baixa Verde agrega atualmente aproximadamente 400 famílias de agricultores, que tiram o seu sustento da agricultura familiar.

Mas essas famílias viviam esquecidas pelo poder público, principalmente no que diz respeito a falta de assistência técnica, correção de solo e, principalmente, o tráfego nos ramais para o escoamento da produção.

A partir deste ano, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Agropecuária (Seagro), voltou as atenções para a região e começou o trabalho de terraplanagem, piçarramento, troca de bueiros e construção de pontes.

Em 60 dias já beneficiou 10 ramais, dentre eles os principais e vicinais como ramal Mediterrâneo, o da Lua, ramal do Amor, Quinoá, Baixa Verde e outros.

São, ao todo, 73 km de ramais prontos para atender as famílias da agricultura familiar e comunidade de modo geral.

José Francisco, que mora no local há seis anos, conta que desde criança tinha um sonho de ter seu próprio negócio. Depois de economizar durante 15 anos, adquiriu a terra e passou a produzir goma em uma pequena fábrica.

No início eram produzidos apenas 50 quilos por semana, mas hoje, observando os investimentos e incentivos da prefeitura, tendo a garantia de escoar o que produz, está produzindo 1.500 quilos.

“O meu sonho desde menino era montar meu próprio negócio, que um dia eu pudesse administrar. Aí, trabalhando de empregado, juntando moeda por moeda, com a ajuda da minha mulher e dos meus meninos, compramos esse lugar aqui.”

Neste sábado (26), o prefeito Tião Bocalom acompanhado do secretário da Seagro, Eracides Caetano, do vereador Francisco Piaba, e do presidente da Associação Comercial, industrial, de Serviço Agrícola do Acre (Acisa), Marcelo Moura, foi verificar o resultado dos trabalhos nos ramais.

A comitiva visitou a piçarreira, de onde está saindo a piçarra que vai garantir o tráfego nos ramais nos períodos chuvosos, conversou com os agricultores e fez visita às fábricas de goma e de queijo.

Vera Lúcia Macedo, de 52 anos, é dona do laticínio Tio João e trabalha fazendo queijo há sete anos. Ela disse que antes, sem o ramal, os prejuízos eram constantes.

“Antes era bem difícil porque o leite quando chegava aqui quem achava bom eram os porcos. O leite chegava com muita acidez, não tinha condições, o carro quebrava. Muitas vezes eu jogava 600, 500 litros de leite para os porcos.”

“Graças a Deus o prefeito agora renovando nosso ramal, fazendo essa limpeza e piçarrando. Vai ficar bom aqui pra nós”, elogiou o produtor Rones Cruz.

Emocionado, o professor Neuton Lamêgo parou o prefeito no meio do ramal para agradecer pela atenção dispensada àquela comunidade nesses quase dois anos de mandato.

“Esses prefeitos que passaram nenhum tem moral pra chegar aqui, o quanto o senhor tem moral hoje com dois anos de mandato”, ressaltou o professor.

“Depoimento como esse daqui só faz com que a gente tenha mais compromisso com o projeto que eu sempre defendi que é o produzir pra empregar. Ele me conhece, o professor, o diretor da nossa escola aqui conhece o Bocalom de Acrelândia, não é de agora não. Ele sabe o trabalho que realizamos lá, por isso que ele dizia: ‘Olha, o Bocalom pegando isso aqui ele vai fazer’ e graças a Deus que os ramais aqui que há mais de 20 anos eles reivindicavam ninguém fazia, nem governo e nem prefeitura, e nós estamos fazendo. Eu tenho fé em Deus que a partir de agora mesmo que venham outros prefeitos, eles vão ter que continuar cuidando dos ramais.”

“A gente fez um trabalho aqui, um trabalho de piçarramento com abertura de ramal, colocamos bueiros, estamos fazendo pontes, então foi um trabalho quase completo”, explicou o secretário Eracides Caetano.

Para o presidente da Acisa, empresário Marcello Moura, o trabalho do prefeito está sendo visível e vem contribuindo cada vez mais com àqueles que mais precisam, os produtores rurais.

“A gente conheceu, hoje, uma realidade diferente da cidade: um produtor de queijo, um produtor de goma, muito criador de gado. Aqui o pessoal estava sem esperança”, disse Moura.

Satisfeitos por tudo que a prefeitura vem realizando na região, os moradores aproveitaram a visita do prefeito para oferecer um churrasco para toda equipe e encerraram fazendo uma oração, abençoando a gestão do prefeito.  (Assecom – Prefeitura de Rio Branco)