Antonia Sales volta a criticar saúde pública do Estado “Uma precariedade sem tamanho”

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (3), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a deputada Antonia Sales (MDB) voltou a criticar a precariedade na saúde pública do Estado. Ao falar sobre a demora no atendimento aos pacientes encaminhados ao Tratamento Fora de Domicílio (TFD), a parlamentar disse que a população acreana está “totalmente desassistida” pelo governo do Estado.

“A fila do TFD só cresce no Estado, tem pacientes esperando há meses, anos, e o chamado do TFD não chega. E quando são chamados sofrem horrores quando chegam à capital, porque a maioria dos pacientes são do interior, não tem renda. Vale ressaltar também que muitos dos pacientes são diagnosticados com câncer e precisam de celeridade no tratamento, mas infelizmente ficam à mercê da fila da morte”, disse.

A emedebista pediu que o governador resolva os problemas da saúde pública, alertando que tem gente morrendo na fila de espera. “Quando o paciente é chamado para se apresentar no hospital, ainda precisa enfrentar uma fila enorme. Sem falar que não tem exame e nem medicamento e as pessoas carentes não conseguem comprar, elas não têm dinheiro para isso. Governador, o senhor prometeu que melhoraria o setor de saúde e o que estamos vendo é uma precariedade sem tamanho”, complementou.

Para finalizar, Antonia Sales fez elogios à administração do diretor da Fundação Hospitalar Estadual (Fundacre), João Paulo. “De todo esse caos, o que se salva ainda é o diretor da Fundacre, esse pelo menos se esforça para poder dar conta da missão que lhe foi entregue. E quem dera que todos fossem assim. Direcionei R$ 200 mil em emendas para aquele hospital e ele vai utilizar o recurso para modernizar o sistema de Assistência Ambulatorial Especializada”, enfatizou.