Andirá pode fechar parceria com empresa para o Acreanão-2021

Uma reunião na próxima semana pode culminar com a assinatura de um acordo para transferir o departamento de futebol profissional do Andirá EC para a empresa S. A. Sport Maria Damaira Aguiar de Souza.

De acordo com o presidente andiraense, professor Afonso Alves, a empresa é de propriedade da psicóloga acreana Maria Damaira Aguiar, essa se apresentando como agente TMS da Fifa. A psicóloga tem como sócio o esposo e ex-jogador Elias Alves da Silva, esse com passagem pelo futebol português por dez temporadas (2001-2011). O ex-atleta ainda atuou no futebol do Chipre (2011), Bulgária (2012-2019) e Armênia (2020).

Afonso Alves explicou ainda a nossa reportagem que o departamento jurídico andiraense analisa o acordo para resguardar o clube dentro da legislação. O dirigente comentou também que o contrato, caso seja assinado, terá validade de cinco meses e a empresa ficará responsável neste período pelo departamento de futebol e despesas geradas pelo mesmo (salários de atletas, comissão técnica, encargos sociais e outros), mas revelou que existe uma cláusula de nulidade do acordo caso ocorra durante o transcorrer do contrato alguma eventualidade fora das normas estabelecidas na peça jurídica.

Histórico

A empresa do casal, na temporada passada, assinou um contrato de parceria com o Independente Atlético Clube, do Pará. Na época, o time paraense esteve no mesmo grupo das equipes acreanas na disputa da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D e, numa das viagens do clube paraense ao Acre, o casal esteve presente nas dependências da Arena Acreana. Fechado seus 14 jogos na competição, o Galo Elétrico acabou apenas na sexta posição do Grupo 1, superando o Vilhenense-RO e Atlético Acreano.

Em matéria publicada na terça-feira (12), o portal de notícias contilnet.com explicou que o grande objetivo de Damaira Aguiar e de seu esposo será trabalhar para colocar o Morcego entre os principais clubes do futebol local e ainda revelar talentos para negociá-los ao futebol europeu. (MANOEL FAÇANHA)