Acre registrou mais de 1,4 mil casos de câncer em homens em 5 anos, aponta Sesacre

A maioria dos casos são em homens com idade acima dos 60 anos. Segundo os dados, do total de casos nos últimos 5 anos, 22,5% são de câncer de próstata

O estado do Acre registrou mais de 1,4 mil casos de câncer em homens acima de 20 anos de idade nos últimos cinco anos. Somente em 2017, foram 291 diagnósticos da doença em pacientes do sexo masculino. Os dados são referentes aos anos de 2013 a 2017 divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Em entrevista ao bate-papo do G1 desta terça-feira (13), a enfermeira Jocelene Souza, que é gerente da divisão de saúde do homem da Sesacre, falou sobre as ações do Novembro Azul e da importância do diagnóstico precoce para o sucesso no tratamento da doença.

“Existe o machismo, tabu, dificuldade e preconceito do homem de procurar uma unidade de saúde não só para fazer o exame de próstata, como também para cuidar da sua saúde. Sempre alega falta de tempo, sempre tem uma justificativa para não se cuidar. O homem procura bem menos que a mulher. Por isso, essa campanha é tão importante, para a gente chamar atenção para a necessidade desses cuidados”, disse a enfermeira.

Conforme os dados, em 2013 foram registrados 266 casos de câncer em homens, no ano seguinte foram 337 e em 2015 foram 307 casos. Em 2016, 280 homens tiveram o diagnóstico da doença pelo Hospital do Câncer do Acre.

Com relação à faixa etária, a maioria dos casos estão entre homens acima dos 60 anos de idade, um total de 865 casos. Do total de 1.478 diagnósticos de câncer em homens nos últimos cinco anos, 22,5% dos casos são de câncer de próstata, 333 casos.