Connect with us

Cotidiano

Acre mantém 126 agentes penitenciários provisórios na segurança dos presídios

Em uma solenidade na manhã desta segunda-feira, 27, na Casa Civil, o governador Tião Viana anunciou a permanência de 126 agentes penitenciários provisórios no reforço do sistema prisional do estado, que aproveitaram a ocasião para agradecer ao governador pelo esforço em mantê-los além do tempo previsto.

Published

on

Em uma solenidade na manhã desta segunda-feira, 27, na Casa Civil, o governador Tião Viana anunciou a permanência de 126 agentes penitenciários provisórios no reforço do sistema prisional do estado, que aproveitaram a ocasião para agradecer ao governador pelo esforço em mantê-los além do tempo previsto.

Os agentes foram contratados por meio de um concurso provisório em agosto do ano passado e agora terão seus tempos de atuação estendidos até setembro deste ano, conforme possibilidade prevista em edital.

“Esse é um momento de união e diálogo entre todos. Achamos uma equação para mantê-los sem maiores gastos ao governo. Estamos do lado de vocês e obrigado pela dedicação prestada até agora. Não pensem que não somos solidários a um trabalho que envolve tantos esforços”, disse Tião Viana aos agentes.

O governador ainda lembrou que o Estado está fazendo um investimento de R$ 44 milhões na segurança pública este ano. Já iniciou a reforma e ampliação do presídio de Senador Guiomard e se prepara para fazer o mesmo com as unidades de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco, além de 500 vagas em concursos para Polícia Civil e Polícia Militar e a transferência de mais de 120 agentes do Instituto Sócio Educativo para o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).

O presidente da Associação dos Agentes Penitenciários, Janes Silva, foi quem agradeceu ao governo pela permanência dos agentes no sistema.

Advertisement

“A manutenção dos contratos desses trabalhadores é pra gente de fundamental importância, porque precisamos de mais trabalhadores dentro do sistema penitenciário. Esses trabalhadores que estão aqui foram os responsáveis por 10 mil atendimentos médicos só em outubro do ano passado”, conta Janes.

O diretor-presidente do Iapen, Matin Hessel, completou: “Conversamos com o governador e ele, com a sensibilidade que ele tem pelo sistema prisional, decidiu pela manutenção dessas pessoas até o final do contrato. É um reforço que vai garantir a melhora dos serviços dentro dos nossos presídios”.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *