Acre contabiliza dez dias sem novos casos e mortes pela Covid-19 

O governador Gladson Cameli revogou o decreto nº 10.985, através de outro decreto, publicado em Diário Oficial, na quinta-feira, 12, responsável por instituir o Grupo de Trabalho responsável por analisar e consolidar as normas que regulam as medidas para enfrentamento da Covid-19. O novo decreto passa a valer a partir de sua data de publicação.

Os dados relacionados a Covid-19 atualizados na quinta-feira, 12. No dia em questão, o estado completou nove dias seguidos sem novos casos da doença, e o número total de infectados está estagnado em 124.969 pessoas. Além disso, a mais de dez dias não são registrados novos óbitos.

Vale lembrar que até o momento 122.929 infectados tiveram alta médica, e que 5 exames RT-PCR seguem em análise. Atualmente, cerca de 3 pessoas seguem internadas.

Já a imunização segue sendo feita, chegando a 538.890 pessoas imunizadas, ou seja, com ao menos duas doses de vacina aplicadas. O total de imunizantes distribuídos é de 1.399.805, dessas, 649.725 eram primeiras doses, 526.029 segunda, 12.861 a dose única e 191.984 de reforço

Os locais de vacinação, para aqueles que não concluíram o ciclo vacinal são os seguintes: USF Maria Áurea Vilela – Bairro Cadeia Velha, USF Vitória – Bairro Vitória, Regional São Francisco, USF Raimundo Moreira – Bairro João Eduardo II, USF Manoel Bezerra – Cidade do Povo, Maria Verônica – Preventório, UFS Máximo Diogo – Portal da Amazônia, para crianças de 5 a 11 anos.

Para pessoas com 12 anos ou mais que irão tomar a 1ª ou 2ª dose da Pfizer (mais de 21 dias) ou a dose de reforço (mais de quatro meses), os locais são: Urap Eduardo Assmar, Urap Rozangela Pimentel, Urap São Francisco, Urap Hidalgo de Lima, Urap Ary Rodrigues, Urap Bacurau, Urap Vila Ivonete. Policlínica Barral Y Barral, Urap Cláudia Vitorino, Urap Maria Barroso e Roney Meireles.

Reforço para pessoas que tomaram a 1ª dose da Janssen há 2 meses ou mais devem se encaminhar para a Urap Vila Ivonete.

Já a segunda dose da Corona Vac só pode ser conseguida através de agendamento na Vigilância Epidemiológica, localizada ao lado do Palácio do Comércio, através do número de telefone 3227-3165.