Zambelli adia pedido de impeachment por adesão de evangélicos

Carla Zambelli não irá mais protocolar o pedido de impeachment contra Lula na tarde desta terça-feira (20/2).

A deputada do PL de São Paulo decidiu esperar a reunião das bancadas evangélica e católica, na manhã desta quarta-feira (21/2), para tentar turbinar a lista de assinaturas com parlamentares dos segmentos religiosos.

Zambelli diz ter conseguido a assinatura de 122 deputados, número que inclui mais de 30 parlamentares filiados a partidos com ministérios no governo Lula.

Os bolsonaristas alegam que Lula cometeu crime de responsabilidade ao comparar os ataques de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto.

Apesar da mobilização dos opositores, o presidente da Câmara, Arthur Lira, manterá o pedido de impeachment engavetado.