Connect with us

Cotidiano

Workshop sobre segurança no trabalho é realizado na FIEAC e reúne empresários

Com o objetivo de aprofundar as questões de lideranças que devem ser consideradas para inserir a segurança e saúde no trabalho como valores institucionais e insubstituíveis na indústria da construção civil, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a FIEAC e o SESI realizaram na tarde da última segunda-feira, 22, o Workshop SESI de SST para empresários com foco no Programa Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho para a Indústria da Construção.

Published

on

Com o objetivo de aprofundar as questões de lideranças que devem ser consideradas para inserir a segurança e saúde no trabalho como valores institucionais e insubstituíveis na indústria da construção civil, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a FIEAC e o SESI realizaram na tarde da última segunda-feira, 22, o Workshop SESI de SST para empresários com foco no Programa Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho para a Indústria da Construção.

Ministrado pelo escritor e administrador Ayrton Sérgio Rochedo Ferreira, que desenvolve cursos na área comportamental, especialmente programas de gestão e liderança, além de ser o responsável pelo conteúdo do Programa de Liderança para a Construção Civil, parte integrante do Programa Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho (PNSST-IC), o evento foi prestigiado também pela gerente de Educação, Segurança e Saúde para Indústria do SESI no Acre, Rosemere Azevedo, e pelo auditor fiscal do Trabalho, Valdemar Bandeira, representante do superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego no Acre, Taumaturgo Lima Cordeiro.

Na abertura do encontro, Rosemere Azevedo agradeceu aos presentes em nome da FIEAC e destacou que PNSST-IC é um programa que envolve todo o corpo funcional da empresa, com a intenção de ter saúde e segurança no trabalho como investimento, e não como custo. “Trabalhadores sadios e atuando em um ambiente seguro com certeza garantirão à empresa competitividade e sustentabilidade”, afirmou.

Já o auditor do trabalho, Valdemar Bandeira, enalteceu a importância do tema do workshop. Segundo ele, quando se aborda saúde e segurança no trabalho, sobretudo na indústria da construção civil, a discussão é voltada para vidas. Bandeira revelou ainda que, no Brasil, morrem mais de 20 mil pessoas por ano vítimas de acidentes do trabalho, o que gera, direta ou indiretamente, gastos anuais à União de mais de R$ 100 bilhões com benefícios.

“Nós, fiscais do Ministério do Trabalho, juntamente com vocês, técnicos em segurança, engenheiros em segurança, assim como a FIEAC, somos os agentes responsáveis e transformadores para amenizar essa triste realidade. Por isso é muito importante essa preocupação que a Federação das Indústrias do Estado do Acre em realizar ações que buscam a consciência em saúde e segurança do trabalho, cuidando da vida e das pessoas”, ressaltou.

Advertisement

O palestrante Ayrton Sérgio Rochedo Ferreira, que é autor do livro “Modelagem Organizacional por Processos” e de artigos sobre desempenho organizacional, gestão por processos, gestão de pessoas e liderança, abordou durante o workshop três temas: “O que está mudando na Construção Civil”, “Trabalho seguro” e “Segurança se faz com liderança”.

Rochedo argumentou, entre outras coisas, que segurança e saúde no trabalho são preocupações sociais e que têm valor que ele considera inegociável. Abordou, ainda, mudanças na construção civil nas relações de trabalho, mudanças nos contratos, na forma de pensar os contratos e também nas competências dos líderes para alcançar o desempenho necessário para que se possa cumprir os contratos.

“Temos que conhecer o cliente. Conhecê-lo pela porta da frente. Isto é, conhecer a dor, como ele vive, os problemas, necessidades, vê-lo como alguém que você pode trazer soluções, um alívio e uma evolução na forma que ele é atendido. Isso é super importante, conhecer o cliente, e mais, não produzir somente o que foi contratado, mas produzir o que foi contratado atento às novas necessidades do cliente”, assinalou.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *