Tião Viana leva solidariedade a famílias desabrigadas

Foto: Sérgio Vale/Secom

O governador Tião Viana se dirigiu para Cruzeiro do Sul nesta sexta-feira, 3, para acompanhar a situação da cheia do Rio Juruá, a maior registrada nos últimos 22 anos. No início do dia, o rio marcou 14,22 metros, apresentando uma vazante de dois centímetros em relação à noite anterior. Atualmente, mais de 3.500 pessoas já foram atingidas pela alagação em Cruzeiro do Sul.

O governo do Acre tem estado presente desde o início da cheia, com ações de apoio às vítimas, por meio do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e serviços de atendimento médico. O governador aproveitou para realizar uma vistoria de barco pelas comunidades mais atingidas pela cheia, principalmente famílias ribeirinhas que não desejaram sair de suas casas, mas que estão sendo monitoradas.

“Estamos diante de uma das maiores cheias da história do Rio Juruá. São muitas famílias que estão desalojadas e ribeirinhos que perderam suas plantações e criações de animais. Povos indígenas também foram fortemente prejudicados. Mas estamos presentes desde o início da alagação e estaremos muito além, quando ela terminar”, disse Tião Viana.

O abrigo da cidade também foi visitado pelo governador. Atualmente, cerca de 109 famílias residem no local. O prefeito Ilderlei Cordeiro disse que 300 pessoas estão trabalhando diretamente no espaço e agradeceu a parceria com o governo do Estado.

“A união está dando resultados para que a gente possa atender todo esse povo. Parabéns ao governo do Estado, que tem nos ajudado muito com a equipe técnica do Corpo de Bombeiros, que tem dado a resposta necessária. O governo federal já reconheceu a situação de emergência e agora esperamos mais recursos para apoiar a população”, conta o prefeito.

Diante da crise, todas as instituições têm se unido para apoiar as vítimas da cheia. Além do governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, estará visitando a região também nesta sexta.

O líder da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Ney Amorim, também esteve presente e reforçou o compromisso da instituição neste momento: “Estamos realizando uma verdadeira união de esforços por Cruzeiro do Sul. Mobilizamos os 24 deputados estaduais e já temos toda a equipe da Aleac cuidando de arrecadação de alimentos, colchões e água para os desabrigados”.