Restante do 13º será pago de forma escalonada a partir de fevereiro no AC

Tabela divulgada nesta quinta (17) mostra que o servidor que ganha o menor salário vai ser o primeiro a receber o décimo. Governo dividiu o valor total da dívida do 13º em dez meses

A segunda parte do 13º salário dos servidores do Acre será paga de forma escalonada com base na faixa salarial. Um cronograma de pagamento foi divulgado nesta quinta-feira (17) pelo governo do estado.

Começam a receber o benefício a partir de fevereiro os servidores que ganham salários mais baixos. (Veja o cronograma abaixo de pagamento).

Ao todo, mais de 31,7 mil servidores aguardam o pagamento da segunda parcela do 13º.

O governo esclareceu que fez o parcelamento em dez meses do valor total da dívida do benefício, que gira em torno de R$ 70 milhões. Os secretários da Casa Civil, José Ribamar, da Fazenda (Sefaz), Samírames Maria Plácido, e da Gestão Administrativa (SGA), Maria Alice Araújo, explicaram como foi feito o escalonamento do pagamento.

tabela

“A tabela foi construída partindo do princípio de quem tem o menor valor a receber são os que têm o menor salário. O governador passou a determinação de fazer o pagamento para quem tem o menor salário. O pagamento só será possível em virtude da reforma administrativa que fizemos”, explicou a secretária Maria Alice.

A secretária Maria Alice acrescentou que até março o governo vai ter quitado cerca de 50% do compromisso com os funcionários. “Em maio teremos pago 70% dos mais 31 mil funcionários que ficaram com débito. Em julho, teremos atingido 86% do funcionalismo público. Até outubro teremos pago 100% dos funcionários”, acrescentou.

Dinheiro usado

A secretária da Sefaz, Semírames Maria Plácido, explicou que no pagamento do 13º salário será utilizado integralmente os recursos disponibilizados em 2019. Segundo ela, não houve uma previsão quitação da quitação do débito.

“Não somente essa situação, mas outras que vamos ter que utilizar do nosso financeiro de 2019. Então, a arrecadação do Estado em relação ao Fundo de Participação dos Estados (FPE) é mais de 70%, então, dependemos da União, e o restante com a nossa Receita Estadual”, garantiu.

A secretária afirmou que os compromissos financeiros do governo estão apertados. De acordo com ela, o governo vai gastar cerca de R$ 230 milhões mensalmente com folha de pagamentos. Os repasses para os Poderes soma-se em torno de R$ 50 milhões.

“Viu-se na necessidade de fazer esse escalonamento o cumprimento das nossas obrigações de janeiro de 2019, ou seja, a nossa folha de pagamento de ativos e inativos, nossa parte previdenciária – sabemos que nosso déficit previdenciário é em torno de R$ 45 milhões, então além de honrar com nossa folha de janeiro, temos os repasses da dívida interna e externa”, ressaltou.

Na TV, Gladson garante pagamento do 13º salário, mas diz que será parcelado

Ele também falou sobre pagamento dos fornecedores

O governador do Acre Gladson Cameli, voltou a se comprometer com o pagamento do restante do décimo terceiro salário dos servidores públicos que deixaram de pagos pelo governo de Tião Viana (PT) que se encerrou no último dia 31 de dezembro. Gladson, no entanto, disse que haverá o parcelamento da dívida, já que o valor devido ultrapassa os R$ 66 milhões.

“Pagar de uma vez só eu não posso. Não tem dinheiro para isso. Não adianta eu vender uma ilusão dizendo pra vocês”, alertou o governador.

O compromisso foi feito durante entrevista concedida ao jornalista Washington Aquino, no programa “Café Com Notícias”, veiculado pela TV5.

De acordo com o Cameli, também serão pagas outras dívidas deixadas pelo governo anterior, como é o caso dos trabalhadores terceirizados que estão há meses sem salários.

“O décimo terceiro, com valores a pagar da folha, INSS patronal do décimo terceiro, juros de INSS empregado no décimo terceiro, só isso dá R$ 66.120.340,62, com mais R$ 6 milhões do Pró-Saúde que tem que pagar também. Isso tudo dá um total de R$ 72 milhões que nós vamos ter que ver da onde nós vamos tirar dinheiro”, enumerou o governador. “Então, o que que eu quero garantir para o servidor público: que eles vão receber”, acrescentou.

Repasse do FPE e FPM cai hoje na conta do Estado e municípios

A equipe econômica do governo do Estado aguarda pelo repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), transferência constitucional que deve ser depositado na conta do Acre nesta quinta-feira, 10.

A valor ainda não tinha sido divulgado até o fechamento desta matéria na noite de ontem. A estimativa é que seja maior que os R$ 261.711.724,26 depositados no mês de dezembro de 2018.

Gladson Cameli disse ter pedido um levantamento a ser feito por sua equipe econômica apontando uma solução para o início do pagamento dos valores devidos aos servidores públicos o quanto antes, mas que dependerá, justamente, do repasse do FPE.

Já o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) também deve cair na conta das prefeituras nesta quinta-feira.

Pagamento de fornecedores e terceirizados

Na mesma entrevista, Gladson Cameli se comprometeu com o pagamento dos fornecedores e trabalhadores terceirizados que não receberam durante o governo anterior. Ele disse que um levantamento jurídico está sendo feito pela Procuradoria-Geral do Estado, que emitirá parecer a respeito de cada dívida reclamada. A partir de então, será feito, também, um cronograma de pagamento para a quitação de todas as pendências.

A estimativa é de existam mais de 15 mil trabalhadores terceirizados que estão sem salários há mais de dois meses. O motivo é que o governo não vinha fazendo o pagamento regular às empresas prestadoras de serviço e essas ficaram impossibilitadas de cumprir com suas obrigações para com esses profissionais.

“A partir do momento que se paga um servidor ou um fornecedor, esse dinheiro acaba voltando para a fonte, ou seja, vai circular na nossa economia, gerando mais tributos para o Estado. Isso significa que o governo também não perde.”

Prefeito do Quinari busca meios para garantir o pagamento e décimo terceiro

O prefeito de Senador Guiomard, Judson Costa, empossado na manhã da última terça-feira, 18, corre contra o tempo para garantir o pagamento dos servidores do município do mês de dezembro e décimo terceiro.

Ainda na terça-feira, durante o período da tarde, Judson Costa foi, na manhã desta quarta-feira, 19, ao Banco do Brasil e Caixa econômica Federal para tentar liberar o pagamento.

Segundo ressalta o prefeito, todos os esforços estão sendo feitos para que os servidores recebam o pagamento em dia, e também o pagamento do décimo. Para isso conta com o apoio dos representantes das instituições visitadas.

“Nós estamos nos esforçando para que as pessoas não saiam prejudicadas. Além disso, ressalto ainda a receptividade dos representantes das instituições que visitamos pelo empenho em fazer dar certo”, disse.

Os esforços, segundo ressalta Costa, se dá principalmente pelo período de fim de ano, e não deixar as famílias prejudicadas sem o pagamento do mês de dezembro.

A preocupação, no momento, é saber a situação financeira do município, o que só será possível com a liberação das senhas pela agência bancária. (Assessoria)

Terceiro preso por morte de médico no AC era amigo da vítima, diz delegado

José Renê Avelino estava na casa do médico no dia do crime e, segundo delegado, sabia que criminosos iriam invadir a casa e não contou à vítima

O terceiro homem preso pela morte do médico Rosaldo Aguiar, de 49 anos, conhecido como “Baba” era amigo da vítima e sabia do plano dos criminosos, segundo o delegado que investiga o caso, Samuel Mendes. José Renê Avelino foi preso no domingo (28) e indiciado por latrocínio.

O médico foi surpreendido pelos criminosos, na noite de sábado (27), dentro de casa, na cidade de Feijó, no interior do Acre. Ele chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento.

Felipe Rodrigues e Lucas de Oliveira, de 19 e 28 anos, respectivamente, já haviam sido presos como principais suspeitos da morte do médico. A polícia afirmou que os suspeitos queriam roubar a arma da vítima.

Conforme o delegado, inicialmente, Avelino foi identificado como vítima, já que estava na casa do médico no momento do crime e chegou a informar que teve o celular roubado. Mendes afirmou que, após ouvir os outros dois presos, ficou constatada a participação de Avelino.

“No interrogatório, ele disse que conhecia os dois que foram presos e que eles tinham dito para ele que iriam na casa do médico naquele dia. Mas, mesmo assim, não contou para o doutor. Perguntei se ele sabia o que os caras iriam fazer na casa e ele disse que iriam roubar. Ele não soube dizer o porquê de não ter contado para o médico”, disse o delegado.

A Polícia Civil encontrou duas armas usadas para alvejar o médico e a espingarda da vítima que foi roubada. As armas, segundo o delegado, foram jogadas em um terreno baldio próximo à casa dele durante a fuga dos criminosos.

Receita abre consulta ao terceiro lote de Restituição de Imposto

Contribuintes de todo pais já podem fazer a consulta referente ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018. A Receita Federal liberou a consulta na quarta-feira, 8. Neste lote, o valor chega a R$ 3,6 bilhões, mais de 2,8 milhões pessoas serão comtempladas.

O lote inclui restituições residuais dos anos de 2008 a 2017. Deste valor total, R$ 342,9 milhões serão destinados a contribuintes prioritários, 5.493 deles são idosos acima de 80 anos, 43.345 entre 60 e 79 anos, 7.913 com alguma deficiência física, mental ou doença grave e 77.492 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Quem deseja saber se teve a declaração liberada, deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, número 146. Na página da receita é possível verificar o extrato da declaração.

Além disso, o cidadão pode ainda saber se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Neste caso, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Outra forma de consulta é baixando o aplicativo da receita disponíveis para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com App, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal.

O dinheiro ficará disponível no banco no período de um ano. Na hipótese de que o contribuinte não faça o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da declaração do IR.

Mas, caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Aposentados receberão primeira parcela do 13º em agosto

A primeira parte do 13° salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será paga junto com o pagamento do mês de agosto. O decreto presidencial foi assinado na segunda-feira, 16, pelo presidente Michel Temer.

A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.

A primeira parte do décimo terceiro de aposentados e pensionistas não sofrerá descontos de imposto de renda, conforme determina a legislação. O imposto sobre o valor somente pode ser cobrado na segunda parcela da gratificação natalina, a ser paga junto com a remuneração de novembro.

Segundo o INSS desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto.

Ainda de acordo com o Instituto, somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

Inglaterra e Bélgica voltam a campo pelo terceiro lugar

Bélgica e Inglaterra voltam a se enfrentar neste sábado (14) na Copa do Mundo e, mais uma vez, será uma partida de objetivos mornos. Se, na primeira fase, as duas seleções entraram em campo já classificadas e com times reservas, hoje belgas e ingleses disputam o terceiro lugar da competição. As duas seleções do Grupo G chegaram até as semifinais e perderam. O terceiro lugar é tudo que lhes resta.

Nas entrevisrtas coletivas, entretanto, o discurso oficial das duas seleções é valorizar a partida. Para a Bélgica, vale o melhor desempenho do país em copas. Em 1986, quando disputou a terceira posição, perdeu para a França na prorrogação e terminou em quarto lugar.

“Temos o dever de terminar em terceiro pelo país, pelo time e pelos jogadores. Não temos a oportunidade de jogar este tipo de partida de Copa todo dia. Estamos motivados, mesmo a noite após a [derrota na] semifinal tendo sido dura”, disse o meio-campo Axel Witsel.

A Inglaterra não precisa vencer para ostentar um novo recorde para o país. Foi campeã do mundo em 1966, mas pode garantir a melhor colocação em uma copa desde então; e lá se vão 52 anos. Em 1990, disputou o terceiro lugar, mas foi derrotada pela Itália. E, desde o longínquo ano do título, o quatro lugar foi o melhor que conseguiram em um Mundial.

O técnico inglês, Gareth Southgate, não negou a dificuldade em lidar com a derrota para a Croácia, vinda no segundo tempo da prorrogação. “Em termos de mentalidade, é óbvio que foram dois dias realmente difíceis para nós. Estávamos a 20 minutos da final da Copa e a razão para estarmos aqui era alcançar o objetivo maior. Emocionalmente, têm sido dois dias difíceis.”

Ainda que não seja nas condições esperadas, esta é a chance de a Inglaterra vencer um adversário de primeira linha do futebol mundial no torneio. Tirando a própria Bélgica, que enfrentou na primeira fase com time reserva – e perdeu –, jogou contra Tunísia, Panamá, Colômbia, Suécia e Croácia, sendo derrotada por esta última na semifinal.

“A Bélgica tem estado em uma jornada brilhante e quer terminar bem [a Copa], assim como nós. Existem alguns jogadores excelentes no espetáculo, e será um bom teste para nós. Não vencemos um desses times de primeira linha ainda, então temos que agarrar a oportunidade que temos”, disse Southgate.

Artilharia

O atacante inglês Harry Kane tem uma missão particular na partida deste sábado: confirmar a artilharia da Copa da Rússia. Ele tem seis gols no torneio, até agora, e poderá garantir a artilharia hoje. Para isso precisará contar com a ajuda de seus companheiros de defesa, porque o segundo colocado, com quatro gols, é justamente o centroavante da Bélgica, Romelu Lukaku.

A missão de Kane, porém, não parece ser das mais difíceis. Lukaku precisaria marcar três gols para superá-lo, mas dentro que o cardápio da partida apresenta, este é um dos temperos disponíveis.