Petecão anuncia investimento de mais R$ 4,5 milhões a Brasiléia

O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) anunciou, nesta sexta-feira (15), que o município de Brasiléia será beneficiado com novos recursos, no valor de R$ 4,5 milhões, para promover a reconstrução das áreas afetadas pelas enchentes. Ele informou que o dinheiro provém da Secretaria Nacional de Defesa Civil, vinculada ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MDR).

Petecão também esclareceu que a maior parte desse montante, equivalente a R$ 4,2 milhões, será direcionada para a contenção e pavimentação das ruas dos Catraieiros e Olegário França, como também para restabelecer o acesso à rua Roraima e aos ramais dos km 60 e 69. Os R$ 262 mil restantes serão utilizados na reconstrução dos telhados das casas danificadas pelas enchentes.

A confirmação do repasse foi dada ao senador pelo Secretário Nacional de Defesa Civil, Wolnei Wolff, que informou que a portaria autorizando o empenho dos recursos está prevista para ser publicada no Diário Oficial da União (DOU), na próxima semana.

Em destaque, o senador lembrou que Brasileia já recebeu mais de R$ 9,9 milhões em recursos federais do Ministério da Integração, para socorrer a população afetada pelas enchentes. Petecão expressou sua gratidão ao governo federal, em especial ao presidente Lula, pelo apoio recebido, destacando que, somando esse novo aporte, o total de recursos destinados à Brasiléia chega a quase R$ 10 milhões.

Reconhecendo que ainda há muito a ser feito, Petecão reiterou seu compromisso em buscar mais recursos para o município, visando reconstruir outras áreas impactadas pelas enchentes deste ano.

“Agradeço a presteza do ministro Waldez Góes, do Secretário Wolnei e, especialmente, ao presidente Lula, pela solidariedade e atenção especial dedicadas ao povo acreano. Nunca antes nosso estado teve acesso rápido a tantos recursos federais de ajuda humanitária como agora. Sou testemunha disso. Os valores repassados já somam mais de R$ 36 milhões para socorrer a população de nosso querido Acre”, declarou.