Projeto ‘Nossa Energia’ roda o interior do AC de caminhão

Durante o percurso, a Energisa substitui lâmpadas, presta orientações sobre consumo consciente e dá dicas de segurança à população.

Orientações sobre redução de consumo e troca de equipamentos são algumas das atividades realizadas pelo projeto “Nossa Energia”, que é parte do Programa de Eficiência Energética da Energisa Acre e regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

As primeiras ações do ano levaram o caminhão para os municípios de Sena Madureira e Plácido de Castro. O veículo carrega e sustenta a estrutura de atendimento ao público no decorrer da viagem. Na quinta (28) e na sexta-feira (29) agora, é a vez de Brasileia.

A equipe do Nossa Energia embarca no caminhão e roda o Acre substituindo lâmpadas, prestando orientações sobre consumo consciente e dando dicas de segurança. (Foto: Divulgação)

Em seguida, a prestação do serviço se estende de 1 e 3 de abril em Tarauacá. Nos dias 4 e 5, a equipe de trabalho do “Nossa Energia” desembarca no pátio do Ginásio Poliesportivo Jader Machado, na capital do Vale do Juruá – Cruzeiro do Sul.

O projeto ainda passa por Mâncio Lima, no dia 8, e chega a Rodrigues Alves no dia 9. A programação do mês de abril se encerra no dia 27 com um novo atendimento aos moradores de Brasileia.

Como funciona?

Durante o percurso, a Energisa substitui lâmpadas, presta orientações sobre consumo consciente e dá dicas de segurança à população.

“A troca das lâmpadas convencionais pela tecnologia led, que são modernas e econômicas, proporciona redução do consumo de energia. É mais uma iniciativa da Energisa para estar próxima da população”, comenta a analista de Eficiência Energética, Daya Campos.

Do início do projeto em 2019 até hoje, milhares de clientes já foram contemplados. Para aderir ao programa, a família precisa cumprir certos requisitos:

  • Cadastro na modalidade de Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE);
  • Possuir acesso à rede de energia;
  • Estar em dias com a conta do mês;
  • Morar em bairros ou comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica;
  • Apresentar equipamentos antigos para serem substituídos, como lâmpadas e geladeiras.

Antes da pandemia afetar as ações, o Caminhão Nossa Energia visitou os 18 municípios acreanos que são transitáveis por terra.

Prefeitura de Rodrigues Alves exonera 18 servidores

A crise financeira que afeta a maioria esmagadora das prefeituras do país aos poucos amplia as suas vítimas no Estado do Acre. Depois de Manoel Urbano e Plácido de Castro, já como Planos de Demissão Voluntária (PDV) em andamento além de outros cortes drásticos nas contas públicas, agora é a vez da pequena cidade de Rodrigues Alves entrar para o rol das prefeituras com dificuldades financeiras graves e exonerar servidores com cargos comissionados.

Conforme consta no Decreto Nº 117/2018, em uma só canetada o prefeito da cidade, Sebastião Souza Correia, exonerou 18 servidores comissionados. O Decreto, publicado no Diário Oficial do Estado do Acre (DOE) desta sexta-feira (14) não revela quais eram os cargos, mas apenas trás os nomes dos exonerados.

O decreto entrou em vigor a partir da data de sua publicação no DOE, mas os efeitos da medida são retroativos a data de sua elaboração, ou seja, o primeiro dia útil de novembro. Veja a lista dos exonerados:

  1. Antônio de Abreu Lima
  2. Daiane Oliveira Maciel
  3. Ernailton Santos Costa
  4. Francisca Costa do Amaral
  5. Francisco Antônio o Carmo Matos
  6. Francisco Bezerra Rodrigues
  7. Francisco Evandro da Costa Araújo
  8. Jaciara Souza da Silva
  9. Jose Castelo de Oliveira
  10. Jose de Farias Gomes
  11. Jose Silva Sampaio
  12. Maria Cordelia Comes da Costa
  13. Maria de Fatima Paranaíba do Nascimento Fernandes
  14. Maria Geni Gomes Da Silva
  15. Mirele Souza Lima
  16. Ralph Luís do Nascimento Fernandes
  17. Ronaldo de Souza Oliveira
  18. Sandio da Costa Oliveira

Prefeito de Rodrigues Alves, suspeito de transporte de eleitores presta esclarecimentos

O prefeito de Rodrigues Alves, Sebastião Souza Correia, foi levado a prestar esclarecimentos, por agentes da Polícia Militar, sob a acusação de transporte de eleitores, neste domingo (07 de Outubro).

O prefeito compareceu à delegacia local e após prestar esclarecimentos foi liberado. Sebastião Correia estava em seu veículo acompanhado de quatro pessoas, dois amigos pessoais e dois funcionários da prefeitura.

A abordagem ocorreu quando o prefeito saia de sua residência. A nora do prefeito, Senhora Josinei, por telefone, negou qualquer informações envolvendo possível compra de votos.

Informações desencontradas davam conta que o prefeito havia sido apreendido portando dinheiro e material de campanha pela Polícia Federal (PF), mas, segundo informações repassadas a reportagem do ac24horas, a informação é falsa e não confere com a verdade.

Josinei explicou que a acusação seria de transporte ilegal de leitores, a qual não se evidenciou, pois os passageiros que estavam no carro já haviam votado nas primeiras horas deste domingo (7 de Outubro).

Dupla armada faz dois roubos em menos de 2h e ameaça moradores no interior do Acre

Crimes ocorreram na noite de terça-feira (2). Polícia tenta identificar os suspeitos

A tranquilidade da pequena cidade de Rodrigues Alves, no interior do Acre, foi comprometida na noite desta terça-feira (2), por dois homens que visitaram o município para cometer assaltos. Em menos de duas horas, a dupla praticou dois roubos e ameaçou moradores que desfrutavam do sossego do pacato povoado que fica a 12 quilômetros de Cruzeiro do Sul.

O primeiro assaltou aconteceu bem cedo, às 19h30. Um jovem que estava em frente à sua casa foi abordado subitamente pelos assaltantes e teve que entregar o celular ao ser ameaçado com uma arma.

“De acordo com a vítima, um deles levantou a camisa, mostrou a arma, uma pistola, e exigiu que o rapaz entregasse o celular. A vítima não teve reação e entregou o aparelho para os bandidos”, contou o comandante da Polícia Militar, tenente Tiago Araújo.

A outra ocorrência foi registrada pouco tempo depois. A mesma dupla, segundo as vítimas, em uma motocicleta vermelha, interceptou outro jovem que caminhava no Centro da cidade e apontou a arma exigindo que o mesmo entregasse o celular e a carteira. O rapaz foi obrigado a entregar o aparelho e a carteira de bolso contendo um valor de R$ 2 mil em dinheiro.

De acordo com moradores, os mesmos bandidos teriam ameaçado um grupo de jovens em outro bairro da cidade. Depois de praticar os crimes, a dupla abandonou a motocicleta em um ramal na entrada da cidade e fugiu sem deixar rumos do paradeiro. A moto utilizada também tinha sido roubada há duas em uma comunidade rural do município.

De acordo com o comandante da PM, a polícia fez rondas mas não conseguiu prender os assaltantes. “A polícia já estava em rondas e, ao ser acionada, montou um cerco na cidade, mas eles conseguiram escapar e deixaram a moto abandonada em um ramalzinho”, afirmou Araújo.

Nesta quarta-feira (3), pela manhã, o jovem que teve a carteira levada pelos bandidos foi à agência bancária do município para cancelar seus cartões. O outro compareceu à delegacia para prestar queixa e afirmou que não teve como identificar nenhum dos bandidos. O delegado Vinícius Almeida garantiu que a polícia vai investigar e tentar identificar a dupla.

Polícia Militar de Rodrigues Alves prende assaltante com escopeta de fabricação artesanal

A Polícia Militar do município de Rodrigues Alves, a aproximadamente 12 km de Cruzeiro do Sul, prendeu na noite de ontem, 8, Marcelo Gomes de Lima, de 18 anos. Ele é acusado de assaltar um adolescente usando de uma escopeta calibre 38, de fabricação caseira.

Segundo a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, a vítima foi abordada próximo ao portal na entrada do município.

No momento da prisão, Marcelo e a mãe dele alegaram que o suspeito era menor de idade. Mas a averiguação policial constatou que ele havia completado 18 anos em dezembro do ano passado.

Marcelo já está à disposição da justiça.