Polícia Militar apreende pequena quantidade drogas na BR-364

Foram cerca de 372 gramas de maconha, organizada em rolos e invólucros, e cerca de 210 gramas de cocaína, envelopada em uma caixa de sabão em pó.

A Polícia Militar do Acre, por meio do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) do oitavo Batalhão de Polícia Militar (8º BPM), apreendeu nesta quarta-feira, 19, entorpecentes do tipo maconha e cocaína. A apreensão ocorreu durante bloqueio policial na BR 364, entre os municípios de Sena Madureira e Manoel Urbano.

Foram cerca de 372 gramas de maconha, organizada em rolos e invólucros, e cerca de 210 gramas de cocaína, envelopada em uma caixa de sabão em pó, que haviam sido mandadas por um motorista de frete, como encomenda de um desconhecido, para ser entregue no município de Manoel Urbano.

Segundo informações dos policiais em serviço na operação, a ação faz parte da rotina do grupo GIRO, e objetiva coibir, além de outros delitos, os crimes patrimoniais que acontecem na região.

As substâncias ilícitas foram entregues na delegacia para os procedimentos cabíveis.

Aluno é atacado a faca em escola em Sena Madureira

A polícia Militar confirmou uma tentativa de homicídio nas dependências da escola de ensino médio Dom Júlio Mattioli, na tarde desta quarta-feira (20), em Sena Madureira. Um estudante sofreu cinco perfurações de arma branca e foi encaminhado ao pronto socorro.

De acordo com o Copom da polícia militar, outros 2 alunos são apontados como agressores, sendo que um foi preso e outro conseguiu se evadir e é procurado.

As circunstâncias da tentativa de homicídio ainda não foram divulgadas. O gestor da escola, professor Irlan Sampaio, confirmou a ocorrência. “Foi na hora da saída, já no portão. São alunos da escola. A vítima é um rapaz de 16 anos, parece que não será encaminhado para Rio Branco”, disse.

O comandante da polícia militar local, Major Michel Casagrande, acompanha de perto a ocorrência envolvendo os estudantes.

Antes de ser morta, jovem gravou vídeo negando pertencer a organização

Dias antes de ser achada morta, a jovem Dulcione de Sousa Silva, 21 anos, tinha gravado um vídeo dizendo que não era de facção e pedindo para ser deixada em paz. Ela foi morta com um tiro de escopeta na cabeça, na noite de quinta-feira,14, na Rua 21 de Dezembro, bairro Nair Araújo, em Feijó, no interior do Acre.

No vídeo, ela pede desculpas se fez algo errado e diz que tem um filho para criar. Segundo o comandante da PM-AC no município, capitão José Augusto de Souza, a jovem fala de uma foto que tirou fazendo um sinal que simboliza uma facção criminosa.

“Peço desculpa a todos vocês se eu fiz alguma coisa de errado, esse sinal de dois que eu não entendia nada. Esse meu Face é antigo, eu nem uso mais, eu tenho um filho para criar. Não faço parte de nenhuma facção, só quero que me deixem em paz. Não faço parte de nada não, é só isso”, diz a jovem no vídeo.

Conforme a polícia, a execução tem ligação com facção criminosa que acreditava que a jovem seria de uma organização rival.

“Na realidade, ela fez até um vídeo pedindo desculpa porque em 2015 tirou uma foto simbolizando nas mãos como se fosse o símbolo de uma facção. Essa foto caiu na mídia e, devido essa situação, os caras ameaçaram ela. Ela fez essa foto sem maldade, mas, o pessoal não perdoou ela”, disse o capitão.

A polícia foi acionada pelos vizinhos que viram a movimentação no local e ouviram o disparo. Segundo o capitão, a informação é de que três homens encapuzados entraram na casa onde a vítima estava e efetuaram o único disparo que tirou a vida dela.

Número de roubos na Capital apresenta queda de 11% do dia 1° a 13 de fevereiro

Números da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) apontam que a quantidade de roubos em Rio Branco teve uma queda no início de fevereiro. Do dia 1º deste mês até a última quarta-feira, 13, foram 179 ocorrências desse crime registrados na Capital contra 202 contabilizadas durante o mesmo período do ano passado, uma redução total de 11,38%.

Apesar da diminuição ser acentuada, ela ficou bem abaixo da registrada entre os dias 1º e 13 de janeiro deste ano. Durante esse período, foram contabilizados 435 casos de roubo na maior cidade do estado em contraponto aos 730 computados e informados durante o mesmo período de tempo do primeiro mês de 2018, uma diminuição total de 40,4% nos 13 primeiros dias deste ano.

Responsável por gerir a pasta, Paulo Cézar Rocha dos Santos destaca que as polícias Militar e Civil realizaram diversas apreensões de armas e drogas desde o início do ano. Ele lembra que as prisões de foragidos da Justiça e as realizadas em flagrante logo após os crimes de homicídio contribuíram também para a redução dos roubos tanto em Rio Branco como nas demais cidades do estado.

“Outros indicadores contribuem para isso. Tivemos aumento no número de apreensões de armas, somente em janeiro foram 148 tiradas de circulação. Isso deriva do número de operações, principalmente as que foram retomadas. Entre elas estão a Saturação Máxima e Cerco Tático, desenvolvidas em quase todos os municípios do Acre pelas forças de segurança”, destaca Santos.

O secretário explica que há um monitoramento prévio antes de as operações desencadearem ações em locais específicos, elas são destinadas aos lugares onde previamente há informações de que possam ocorrer crimes relacionados a vida e ao patrimônio. Segundo ele, tal fato tem impossibilitado mortes e assaltos em muitas ocasiões, já que há uma a antecipação de todo o Sistema Integrado de Segurança Pública.

Para o gestor as operações associadas as apreensões e prisões em flagrantes contribuem para a queda acentuada. “Temos uma série de investigações para combater o crime organizado. Além disso, vamos intensificar essas operações, com a possível convocação de militares da reserva, e também com a Operação Barreira, iniciada na semana passada”, reforça o secretário de Justiça e Segurança.

De acordo com ele, após dois pedidos da Sejusp a equipe econômica do Governo do Acre faz um estudo para convocar os policiais militares da reserva e chamar os aprovados no concurso público. Apesar de apresentar as duas demandas, a secretaria diz que ainda não há uma previsão definida para convocação dos policiais da reserva e o chamado dos aprovados em concurso público da Polícia Militar. De acordo com Paulo Cézar Rocha dos Santos, o Governo do Acre deve apresentar um posicionamento definitivo e datas sobre as situações possivelmente durante as próximas semanas.

Polícia Militar prende membros de bando criminoso com drogas e uma arma de fogo

Um patrulhamento de rotina realizado pelos militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) culminou na prisão de dois indivíduos pelo crime de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A ação policial ocorreu nessa quinta-feira, 14, no bairro Ivete Vargas.  

De acordo com a guarnição, após patrulharem uma rua popularmente conhecida pela comercialização de entorpecentes, avistaram dois indivíduos em atitude suspeita e, diante disso, deslocaram-se na direção dos agentes a fim de abordá-los. A dupla ainda tentou evadir-se da abordagem, porém foram frustrados pelos militares que, após acompanhamento policial, realizaram a prisão dos suspeitos.

Na ação, foi apreendido um revólver, calibre 32, 5 munições, drogas e uma quantia em dinheiro. 

O material apreendido, juntamente com os agentes, foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil para mais providências.

Doze pessoas são presas em Brasileia após confronto com a Polícia Militar

Por meio de uma denúncia anônima, uma equipe composta de nove Policiais Militares do 10º Batalhão da cidade de Brasileia conseguiu prender 12 suspeitos de pertencerem à facção criminosa na região do Alto Acre, um deles de 16 anos. Informações de testemunhas atestaram que os mesmos teriam invadindo bairros e residências para ameaçar pessoas ligadas a outro grupo criminoso.

Com os acusados, a PM apreendeu uma escopeta calibre .28, um revólver calibre .32, um revólver calibre .38 e uma pistola .9mm. Durante a ocorrência, ainda houve confronto entre a PM e os criminosos. Um dos suspeitos foi alvejado por tiros. Nenhum PM ficou ferido.

A denúncia, conforme consta no Boletim de Ocorrências (BO), informou que, antes de ser pego, o grupo armado teria invadido o bairro Leonardo Barbosa, no município. Na ocasião, os mesmos teriam invadido a residência de uma mulher, onde teriam proferido várias ameaças à família da mesma.

Dois dos detidos foram reconhecidos na delegacia pela proprietária da casa invadida, informou a guarnição policial.

Foi então que a equipe da PM armou um cerco policial em alguns bairros para capturar os acusados. Um dos primeiros detidos revelou à polícia que a ordem de invadir o local, na fronteira do estado, teria partido de Rio Branco.

O confronto aconteceu quando a PM cercou uma casa onde estavam outros membros do grupo denunciado. Um dos suspeitos pulou por uma janela e conseguiu chegar aos fundos do terreno, efetuando um disparo em direção à guarnição policial. Diante disso, a polícia efetuou dois disparos em direção ao criminoso, que foi atingido na altura da pélvis direita.

O criminoso ferido foi atendido por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao hospital Wildy Viana, onde permaneceu em observação médica.

A polícia ressaltou que dois dos integrantes detidos são acusados de terem cometido um roubo em um posto de combustíveis da cidade, pouco antes de serem presos.

Todos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Brasileia para os procedimentos legais. Os celulares apreendidos com o grupo serão submetidos à perícia técnica, já que segundo a polícia, eram utilizados para o planejamento de crimes.

Os detidos foram: Reullivan Cabral da Silva, de 16 anos; Michael Jackson Maia da Silva , de 18 anos; Thiago Freitas Cavalcante, de 20 anos; Carlos Machado Borges, de 23 anos; Marcelo Gomes de Souza, de 20 anos; Mikael Messias Magalhães, de 21 anos; Wilitan da Silva Nascimento, de 18 anos; Deydson Willee Ferreira Valentin, de 18 anos; Raylan de Freitas Liberato, de 19 anos; Thiago da Silva Araújo, de 21 anos; Ebeson Silva de Almeida, de 25 anos e Moises Ferreira de Almeida de 19 anos.

Jovem é preso com mais de 1 kg de maconha, em Cruzeiro do Sul

Agentes da Polícia Civil da cidade de Cruzeiro do Sul realizaram a prisão de um jovem que portava mais de 1 quilo de maconha. A ação ocorreu na tarde dessa terça-feira, 12, enquanto o suspeito caminhava pelo bairro Cruzeiro, no município.

De acordo com os agentes, eles perceberam o rapaz em atitude suspeita quando avistou a presença dos policiais. Foi quando decidiram abordar o jovem e encontraram o entorpecente.

Após ordem de prisão, o detido foi encaminhado para a Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul, para as medidas cabíveis.

PM apreende 14 quilos de cocaína em Rio Branco

A Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE) apreendeu na segunda-feira, 11, no bairro Santa Inês, no Segundo Distrito de Rio Branco, mais de dois quilos de cocaína pura e 12,2 quilos de pasta base de cocaína. A droga estava em posse de Farle Mangabeira, 34 anos, e Edmilson Souza da Silva, 32.

O delegado Pedro Resende, responsável pela Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE), a droga é de origem da Bolívia e seria transportada para outro estado brasileiro.

“O Farle ia entregar a droga para um caminhoneiro, que estava esperando por ele em um posto de gasolina. A droga seria levada para outro estado”, disse o delegado.

Um dos acusados, o Farle, tem duas condenações por tráfico e uma por roubo e cumpria sete anos de pena no semiaberto.

A prisão aconteceu após denúncia de que um carro estaria transportando a droga. Após investigações da polícia, foi constatado e feito o flagrante.

“A gente recebeu a informação de que ele [o Farle] estava movimentando droga no bairro Santa Inês. E próximo à travessa Judia, conseguimos fazer a abordagem dele e do comparsa”, disse.

dorgas

Mais droga apreendida

A Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC) apreendeu 50,1 quilos de cloridrato de cocaína, na manhã desta terça-feira, 12, na BR-317, no posto fiscalização em Senador Guiomard no Acre. O entorpecente era transportado por um boliviano que tinha como destino à capital Rio Branco.

A abordagem aconteceu por volta das 7 horas desta terça em fiscalização de rotina. “Com a busca minuciosa no veículo, foram encontrados 51 pacotes de substância com característica de droga que reagiu positivamente ao narco teste preliminar”, esclareceu o policial Moacir Negreiros.

A droga estava escondida na carroceria e na lataria interna do carro. O destino do entorpecente, segundo a PRF, seria para outros estados do Brasil.

Segundo o acusado, em seu depoimento, a droga teria sido embalada no veículo já no Brasil, no município de Epitaciolândia. O acusado receberia uma quantia em dinheiro para entregar o entorpecente em um posto de gasolina, na capital acreana.

Com informações G1/AC

Operação Alvorecer: Organização usava venda de gado para camuflar tráfico internacional de drogas

A quadrilha que usava a venda de gado para lavar dinheiro do tráfico de drogas, foi desarticulada durante a deflagração da operação Alvorecer da Polícia Federal (PF). Durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira ,13, a PF informou que o grupo atuava em vários estados brasileiros.

Ao todo, 13 pessoas foram presas preventivamente. As prisões aconteceram em três estados; Rio Grande do Norte, Alagoas e a maioria no Acre. Além disso estão sendo cumpridos 19 mandados de busca e apreensão e 49 mandados de sequestros e bloqueios de bens.

A droga comercializada pela quadrilha era trazida da Bolívia e enviada para outros estados sobe a alegação de venda de gado. Durante a operação foram apreendidos 700 quilos de entorpecentes.

“É uma organização especializada em tráficos de drogas e lavagem de dinheiro, esse grupo criminoso movimentou somente no período da investigação, aproximadamente 20 milhões de reais. Hoje foram apreendidos duas armas de fogo e veículos”, disse o delegado regional de combate ao crime organizado Warlem Dias Ribeiro.

Ainda segundo a polícia, a quadrilha ostentava uma vida regadas a viagens e carros de luxo. Foram expedidos mandados de busca e apreensão de 53 carros desses carros.

“A polícia focou em asfixiar totalmente o poder financeiro da organização criminosa, com prisões que foram realizadas, com o bloqueio de bens e as tomada de veículos, nós podemos dizer que foi o desbaratamento total da organização criminosa” afirmou o delegado Fares Fegali.

pf002

Transferência de presos

De acordo com a PF, um dos líderes da organização criminosa preso no Acre, será transferido para outro estado para presídios de segurança máxima. Outros dois presos no Rio Grande do Norte também serão transferidos para presídios federais.

“Em razão da organização continuar atuando mesmo dentro dos presídios, a polícia federal solicitou e o juiz deferiu a transferência dos principais líderes para os presídios federias. Acreditamos que essa atuação criminosa dentro dos presídios cessou na data de hoje”, disse Fegali”.

pf003

pf004

Polícia Federal prende taxista com cocaína em rodovia no AC

Uma operação realizada pela Polícia Federal resultou na prisão de um taxista em uma rodovia acreana. No veículo em um fundo falso foram encontrados seis quilos de cocaína que seria levada a Rio Branco. A prisão é fruto de uma força-tarefa composta por policiais federais do Grupo Especial de Investigações Sensíveis (GISE).

O grupo realiza investigações relacionados ao tráfico de drogas no âmbito da Polícia Federal, efetivaram fiscalização em dezenas de veículos, além de vigilância, acompanhamento de suspeito e o flagrante do transporte dos entorpecentes que provinham da Bolívia.

Após aprofundada busca por equipe especializada, a droga foi encontrada e o suspeito preso em flagrante e encaminhado ao presídio. O crime de Tráfico de Drogas possui pena que pode chegar a até 15 anos de reclusão.

Polícia aguarda a conclusão de laudos para finalizar inquérito sobre a morte de jovem atropelada por jet-ski

A Polícia Civil do Acre espera apenas a conclusão de dois laudos pelo Instituto de Criminalística para finalizar o inquérito sobre a morte da jovem Maicline Costa, atropelada por um jet-ski no dia 12 de janeiro, no Riozinho do Rôla.

“Já foram concluídas as fases de oitivas de testemunhas e dos envolvidos, agora esperamos apenas a conclusão dos laudos periciais que apuram as circunstâncias do acidente para darmos por encerrado o inquérito”, disse o delegado Karlesso Nespoli, responsável pelas investigações do caso.

De acordo com o delegado, entre as pessoas que foram ouvidas está a irmã de Maicline, Hinauara da Costa, o empresário Otávio Costa e o médico Eduardo Veloso. Otávio seria quem pilotava o jet-ski que se chocou com o outro veículo em que estava Maicline, este pilotado por Veloso.

Hinaura, durante entrevistas concedida a diversos meios de comunicação, afirmou que Otávio Costa teria se negado a prestar assistência, sendo advertido por Eduardo Veloso.

Maicline teve uma das pernas dilaceradas pelo jet-ski e foi levada ainda com vida para o pronto-socorro de Rio Branco na tarde do dia 12 de janeiro. Entretanto, em virtude da gravidade dos ferimentos e da grande perda de sangue, ela veio a falecer poucos minutos depois que deu entrada naquela unidade de saúde.

Em ocorrências distintas, grávida é presa e adolescentes são apreendidos em Cruzeiro do Sul

Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas e dois menores apreendidos por policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), após tentativa de roubo neste sábado, 9. Os fatos aconteceram em ocorrências distintas, no Vale do Juruá.

Por volta das 15:50h, o grupo de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) realizava o patrulhamento na rua Pernambuco, bairro Remanso, nas imediações de uma residência que, segundo informações, funcionaria como comércio de drogas. Em atitude suspeita, dois indivíduos entraram na casa ao avistar a guarnição, e foram presos após acompanhamento.

Um dos presos se tratava da proprietária da residência, 28 anos, grávida de nove meses, que alegou não haver nada de ilícito no local, mas ao realizar as buscas, os policiais encontraram 10 trouxinhas de substância aparentando ser merla e três tabletes, provavelmente, de maconha, além da quantia de 409 reais, uma nota de 50 bolívares e aparelhos celulares.

No início da noite, durante a Operação Saturação Total, a guarnição foi chamada pela vítima de uma suposta tentativa de assalto, na avenida Boulevard Thaumaturgo. Segundo ela, dois indivíduos teriam tomado o seu celular Samsung J Prime, mas largaram o aparelho e se evadiram após a chegada de um senhor. Os policiais seguiram na direção da fuga e, poucos metros à frente, localizaram dois menores (15 e 16 anos), um deles portava uma faca.

Diante dos atos ilícitos, todos os envolvidos e itens apreendidos foram encaminhados para a delegacia local, onde devem proceder as medidas legais referentes aos fatos.

Bolsonaro pede que PF esclareça ataque a faca que sofreu na campanha

O presidente Jair Bolsonaro cobrou, neste domingo (10), que a Polícia Federal esclareça “nas próximas semanas“ quem foi, ou “ quem foram “, os mandantes do atentado sofrido por ele no dia 6 de setembro , em Juiz de Fora (MG), durante a campanha eleitoral.

“Espero que a nossa querida Polícia Federal, polícia que nos orgulha a todos, que tenha uma solução para o nosso caso nas próximas semanas. Esse crime, essa tentativa de homicídio, esse ato terrorista praticado por um ex-integrante do PSOL, não pode ficar impune. E nós queremos, sim, e gostaríamos, que a PF indicasse, obviamente que, com dados concretos, quem foi, ou quem foram os responsáveis por determinar que o Adélio [Bispo de Oliveira] praticasse aquele crime”, disse Bolsonaro no primeiro vídeo gravado por ele no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado.

Postado no Twitter, no vídeo, que tem duração de 1 minuto e 44 segundos, Bolsonaro agradece o tratamento que recebeu da equipe médica em São Paulo Einstein e também na Santa Casa de Juiz de Fora, onde teve o primeiro atendimento após o ataque.

O presidente destaca ainda que sabe que poucos no país podem receber um tratamento como o que ele teve direito. “Temos plena consciência [de] que nosso SUS [Sistema Único de Saúde] pode melhorar, e muito, e tudo faremos para que isso se torne uma realidade”, afirmou Bolsonaro no vídeo.

Histórico

No mês passado, a Polícia Federal (PF) pediu à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito que apura quem são os responsáveis pelo financiamento da defesa de Adélio Bispo de Oliveira, autor do ataque a faca contra o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral, no ano passado.

A defesa de Adélio afirma que ele agiu sozinho e que o ataque foi apenas “fruto de uma mente atormentada e possivelmente desequilibrada” por conta de um suposto problema mental.

Suspeito de matar homem no Belo Jardim II é preso pela polícia

Um homem, suspeito de matar Leuoneudo Rodrigues da Silva, no bairro Belo jardim II, em Rio Branco, na noite desta sexta-feira, 8, foi preso pela polícia horas depois do crime. Segundo a polícia, homens do Segundo Batalhão conseguiram capturar Anderson Rocha Santos, no bairro Rosa Linda.

O outro suspeito do crime ainda segue sendo procurado. Além de prender Santos, os policiais conseguiram recuperar uma motocicleta com restrição de roubo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima morreu ainda no local do crime.

A vítima estava em frente a um bar com um amigo, que também foi atingido peles disparos, quando o suspeito e um comparsa se aproximaram em uma motocicleta e o comparsa, segundo a polícia, efetuou os disparos.

O amigo de Silva foi encaminhado para o pronto-socorro para receber atendimento médico. A polícia informou ainda que com ajuda de testemunhas, os PMs conseguiram achar o suspeito pelas características da roupa. Ele teria confessado a participação no crime e ainda mostrou o local onde estaria escondida a moto usada na ação.

A motocicleta apreendida era roubada e foi levada para a Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com o suspeito, de acordo com a polícia. O caso vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Casal em moto passa atirando em trio sentado em calçada

Um casal armado em uma motocicleta feriU a tiros na noite desta sexta-feira (8) três homens que estavam em via pública. As vítimas foram identificadas como Wendel da Rocha Oliveira, 38 anos, Josimar Nascimento Santos, 40 anos, e Manoelzinho. Os crimes ocorreram na rua Euclides da Cunha, próximo a APAE, no bairro Esperança, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, os amigos estavam sentado na calçada, quando a dupla na motocicleta se aproximou e o garupa em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros. Wendel foi ferido com um projétil nas nádegas, Josimar com um tiro na boca e Manoelzinho foi atingido por um projétil no ombro.

Duas ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas, prestaram os primeiros atendimentos e conduziram as vítimas ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Policiais Militares fizeram ronda na região na tentativa de prender os autores dos crimes, porém ninguém foi encontrado. O caso segue sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

PM prende homem por tráfico de drogas no São Francisco

Uma equipe da Companhia de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) da Polícia Militar do Acre (PMAC) prendeu um homem de 25 anos por tráfico de drogas, no final da tarde desta sexta-feira, 8. O fato ocorreu na travessa da Amizade, bairro São Francisco. Vários produtos entorpecentes foram apreendidos.

 Os policiais faziam o patrulhamento em regiões conhecidas como pontos de comércio de drogas quando avistaram o indivíduo, que correu em direção a uma área de mata ao avistar a guarnição. Alguns componentes já previam a tentativa de fuga e se anteciparam, conseguindo deter o autor.

 No momento da prisão, foi encontrado com o homem dois potes contendo 32 trouxinhas de tamanhos diferentes de uma substância esbranquiçada, provavelmente cocaína e cinco sacos com a mesma substância. Nas proximidades foi encontrado outro pote, de cor vermelha, com mais quantidade da substância.

 O material apreendido e o envolvido foram conduzidos para a Delegacia de Flagrantes (Defla), para serem realizados os demais procedimentos.

PC prende homem acusado de homicídios

A Polícia Civil em parceria com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam na tarde de quarta-feira, 6, o foragido Máximo Feijó de Souza, vulgo “Caçula”, ele é acusado de três homicídios ocorridos no município de Acrelândia, no interior do Acre.

A apresentação do preso aconteceu na tarde desta quinta-feira, 7, na Delegacia de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha, em Rio Branco.

De acordo com o Delegado Samuel Mendes, responsável pelas investigações, Máximo estava com cinco mandados de prisão em aberto e estava foragido a mais de 1 ano. Além de responder pelos crimes de homicídios, responde também pela prática de roubo.

“Fizemos um serviço de inteligência, a delegacia de Acrelândia entrou em contato com a delegacia de homicídios e proteção à Pessoa (DHPP) na capital, trocamos informações e até que descobrimos a localização do foragido, que foi preso enquanto visitava uma filha em um hospital em Rio Branco. É um homem perigoso e além de responder por homicídio, responde por roubo e organização criminosa”, foi mais uma ação da Polícia fazendo a integração das Delegacias da capital com interior, resolvendo mais uma situação de homicídio, tirando de circulação um homem em conflito com a lei”, disse o delegado.

“Caçula” já foi interrogado pela justiça e será encaminhado ao presídio Francisco d’Oliveira Conde.

Integrantes de facção criminosa são presos com quase 80 mil

Em ação integrada, as polícias Civil e Militar do Acre desencadearam a Operação Avalanche e prenderam 11 pessoas. Além disso, apreenderam US$ 79 mil de integrantes de uma facção criminosa que atua em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.

A quantia em dinheiro foi apreendida com três indivíduos no Centro de Cruzeiro do Sul em abordagem da PM-AC na noite de quarta-feira (6). Um deles era procurado por um homicídio ocorrido no município de Mâncio Lima.

“Conseguimos a prisão desses indivíduos que estão ligados ao crime organizado e ao tráfico internacional de entorpecente aqui na região. E, para nossa surpresa, os valores eram em dólares, moeda estrangeira. Um valor extremamente expressivo que a gente consegue esse êxito de uma descapitalização, ao menos momentânea, desses grupos”, disse o delegado Luis Tonini que coordenou as investigações.

Os acusados serão indiciados por organização criminosa, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e financiamento ao tráfico internacional de entorpecentes.

Algumas moedas como soles e peso também foram apreendidas. Segundo informou o delegado, em valores menos expressivos. As investigações ocorriam há alguns meses e foi intensificada no último sábado, 2.

“Conseguimos fazer a prisão desses indivíduos que estão ligados ao crime organizado e faziam tráfico internacional de drogas”, disse Tonini.

Para o delegado Alexnaldo Batista, a apreensão de valores foi uma surpresa e vai causar desfalque dentro da organização.

“Conseguimos fazer a prisão de elementos de grande importância dentro da facção criminosa, a apreensão de US$ 79 mil que vem a descapitalizar o crime organizado. Com certeza foi um impacto muito grande, que devem agora estar se lamentando”, disse.

Desaparecido é encontrado degolado e sem os dentes

O corpo do cabeleireiro Tiago de Araújo Costa, de 21 anos, foi encontrado em estado de decomposição no final da tarde desta quarta-feira (6). Costa estava desaparecido desde o domingo (3), quando saiu de uma festa em um bar do Polo Benfica, em Rio Branco.

A família confirmou ao G1 que o corpo é do rapaz. O cadáver foi achado por um morador, na mesma região que o jovem desapareceu. Ainda segundo os parentes, Costa foi levado por três homens quando retornava da festa para casa.

“Ele está todo cortado, cortaram um dos braços, o pescoço e arrancaram os dentes dele. Já está identificado, estamos no IML [Instituto Médico Legal] esperando a liberação”, confirmou um parente que não quis se identificar.

Os parentes chegaram a receber informações sobre um corpo achado na terça (5), mas a denúncia era falsa. O cadáver de Costa estava dentro de um matagal e foi encontrado quando um morador andava no local.

“Coração só pede justiça. Não sei como vai ser porque não tem como velar, só se for em caixão fechado”, lamentou.

Convite de facção

Nesta terça, o familiar falou ao G1 que Costa foi convidado por uma mulher a entrar em uma organização criminosa, mas o pedido não foi aceito.

“Dois dias antes uma mulher chamou ele para entrar no CV, mas ele não quis. Acho que foi isso, porque não tinha amizades nem inimigos”, lamentou.

Homem é ferido com duas facadas após ter ameaçado trabalhador na Baixada

José Auricélio Marques de Lima Melo, de 41 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio no início da manhã desta quarta-feira (6). O homem foi ferido com dois golpes de faca na rua São Salvador, próximo ao Mercantil Boas Novas no bairro Plácido de Castro, Baixada da Sobral.

De acordo com informações repassadas a reportagem do site ac24horas, a Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local se deparou com José em via pública ferido com dois golpes de faca, que atingiu o pescoço e o peito.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao pronto socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

Segundo a Polícia, o autor do crime foi um homem identificado como Claudionei, que após cometer o crime não fugiu do local. O autor alegou aos policiais que trabalha em um mercantil e que José havia feito ameaças de morte a ele. Afirmou ainda que ao ver Auricélio entrando em seu local de trabalho pegou uma faca que era utilizada na tarefas do mercado e desferiu os golpes de faca contra a vítima.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e Claudionei foi conduzido a Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Bandidos mantêm motorista em porta-malas durante roubos

O motorista de Uber, James Silva, de 35 anos, ficou refém de criminosos por mais de três horas, em Rio Branco. Na madrugada desta quarta-feira (6), um homem chamou o motorista pelo aplicativo e depois que embarcou pediu que passasse em outro lugar para buscar uma mulher.

Ao chegar no local indicado pelo passageiro, no bairro Ivete Vargas, entraram mais dois rapazes e anunciaram o assalto e mandaram o motorista dirigir até próximo a Havan, onde foi colocado no porta-malas do carro.

Em nota, a Uber lamentou o ocorrido e disse que está à disposição para colaborar com as investigações. “Estamos aliviados que James Silva já esteja em segurança e lamentamos que os motoristas parceiros sejam vítimas da violência que permeia nossa sociedade. A empresa permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais, nos termos da lei”, informou.

Conforme a Polícia, a partir desse momento, a vítima relata que não viu mais nada, mas ouviu quando os suspeitos roubaram o frentista em um posto de gasolina.

A polícia foi acionada para registro da ocorrência quando o carro no qual os assaltantes haviam realizado o roubo passou novamente no local. Em perseguição, a polícia abordou o motorista de aplicativo que já havia sido liberado, no bairro Esperança, e seguia para casa.

Roubo no posto

O frentista contou que o carro abasteceu no posto a quantia de R$ 10 e retornou horas mais tarde, quando roubaram R$ 150 do trabalhador.

No momento em que a polícia recolhia informações, o carro teria passado no sentido bairro, quando foi abordado pela polícia e constatou que já era o motorista do Uber quem conduzia o veículo.

Polícia Militar prende dois irmãos realizando assaltos no Segundo Distrito

Homens do 2º Batalhão da Polícia Militar prenderam na manhã desta segunda-feira, 4, dois irmãos acusados de realizarem diversos assaltos na rua Durval Camilo, bairro Canaã, em Rio Branco.

Adaizio da Silva Gomes, 25 anos, e Adaido da Silva Gomes, de 24, foram interceptados por uma guarnição durante uma tentativa de fuga. A prisão ocorreu na Estrada do Amapá, próximo ao Batalhão do Corpo de Bombeiros da região.

Com eles, os PMs apreenderam uma motocicleta utilizada na fuga com restrição de roubo, três celulares e uma pequena quantidade de droga. A polícia informou que a dupla utilizava facas para executar os assaltos, mas investiga a possibilidade dos acusados terem se livrado da arma de fogo durante a fuga.