Piso salarial de professores do magistério tem reajuste salarial de 4,17%

Com aumento de 4,17% o novo piso salarial dos professores com formação magistério passará a ser de R$ 2.557,74. O anúncio foi feito pelo Ministério da Educação (MEC) na quarta-feira, 9. O novo valor é valido a partir de janeiro deste ano.

Segundo o MEC, “o valor corresponde ao vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio, modalidade normal, jornada de 40 horas semanais”.

O piso salarial profissional nacional do magistério é atualizado, todos os anos no mês de janeiro, desde 2009, salarial foi estabelecido pela Lei nº 11.738. O cálculo é feito de acordo percentual de crescimento do Valor Anual Mínimo por Aluno (VAA) referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano.

De acordo com o MEC, esse formato para correção do piso salarial é utilizado desde o ano de 2010. Como até o presente momento não houve alterações expressas na Lei, bem como na forma de cálculo, compreende-se que a metodologia para a constituição do percentual de variação do PSPN está mantida.

No Acre profissionais que tinha magistério foram graduados

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Educação do Acre (SEE/AC) o Estado não contrata mais profissionais com apenas magistério, e os professores contratados que não possuíam nível superior, foram graduados através de programas nos três últimos governos.

“Todos os professores que tinha contratos antigos de magistério foram formados pela Universidade Federal do Acre (Ufac), no governo Jorge Viana pela Universidade de Brasília (UNB), no governo Binho Marques e também pela UNB, no 1º mandato do Tião Viana. De lá pra cá, só se contratou provisórios com magistério pra zona rural porque é a exigência mínima”.