Acre é o 3º com maior taxa de nascimentos no Brasil, aponta pesquisa

Os dados são das Estatísticas do Registro Civil divulgados nesta quarta-feira, 31, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram número de nascimentos registrados no Brasil foi de 2,8 milhões em 2017, uma alta de 2,6% na comparação com o ano anterior.  O Acre é o 3º com maior número de nascimentos, com 6,3% de aumento comparando 2016 e 2017.

Tocantins (9%), Mato Grosso do Sul (6,3%), Espírito Santo (5,9%), Rondônia e Rio de Janeiro (5,8%) e Sergipe (5,1%) são os que apresentaram maior crescimento junto com o Acre.

Com esse desempenho, o país recupera parte das perdas de 2016, quando houve uma queda de 5,1% no número de nascimentos. Mesmo assim, o índice continua menor do que o observado nos anos de 2015 e 2014.

O perfil das mães está sofrendo mudanças. Segundo o IBGE, houve uma diminuição na proporção de nascimentos de crianças cujas mães estavam nas faixas etárias inferiores aos 30 anos entre 2007 e 2017. No mesmo período, aumentou a proporção de nascimentos de crianças de mães acima dessa idade. Apenas o Rio Grande do Sul apresentou redução no número de nascimentos em 2017. Outros estados registraram crescimento abaixo de 1%. É o caso de Mato Grosso (0,8%), Amapá (0,6%), Ceará (0,5%) e Pará (0,4%).