Viveiro da Floresta faz a distribuição de mudas a visitantes da Expoacre 2018

Todos os anos o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), destina parte das espécies do Viveiro da Floresta para doação durante a última noite de Expoacre, como uma iniciativa de promover, sobretudo, a conscientização sobre a necessidade de se fazer algo pelo meio ambiente.

Quase 40 espécies de frutíferas e florestais foram disponibilizadas gratuitamente ao público que passou pelo local. Segundo a engenheira florestal Jucélia Batista, a mesclagem das mudas disponibilizadas no estande reúne quase todas as espécies do viveiro. “Tem gente que leva pra fazer a recuperação de áreas degradadas, tem quem leve pra apenas recompor alguma espécie no seu quintal ou para fins ornamentais”, explica.

Macilene Alves da Silva foi uma das visitantes da Expoacre que aproveitou a chance ao passar pelo estande. “Todos os anos venho com a família passear e aproveito esse momento das doações porque gosto muito de plantar. É uma iniciativa que a população tem que reconhecer que é de suma importância”, disse.

Assim como Macilene, a visitante Ana Kelly Morais também garantiu as suas dez mudas. Dona de propriedade na área rural, ela conta que é já de costume ir à Expoacre para buscar novas espécies para plantio. “Se eu pudesse teria uma muda de cada, porque acho que quanto mais pudermos fazer pela natureza é melhor. Todos os anos eu venho e acho interessante poder escolher, já que o viveiro tem muita variedade”, enfatizou.

Junto com a Biofábrica, o viveiro produz mais de 600 mil mudas por ano, com apoio de investimentos do Banco Mundial, Fundo Amazônia e Banco Alemão KFW e Programa de Regularização Ambiental (PRA).

{gallery}fotos/2018/08-agosto/07082018/galeria_viveiro:::0:0{/gallery}