Polícia Civil prende suspeitos de matar mototaxista no Amapá

A Polícia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira, 17, suspeitos no envolvimento da morte do mototaxista Orleilson Fortuna Ribeiro, de 37 anos, encontrado morto ao lado da moto em que trabalhava. No corpo da vítima havia disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no primeiro dia do mês de novembro deste ano. Segundo testemunhas, ele estava com um garupa e foi visto sendo perseguido por criminosos que saíram levando alguns bens pessoais após o crime.

Investigações foram realizadas pela Delegacia de Combate à Roubos e Extorsões (Dcore) e quatro pessoas foram identificadas, Samuel Ferreira Barbosa (20), Josimar da Silva Silva (26), José Augusto Silva da Rocha e Daylon de Nascimento Albuquerque. Daylon foi quem teria solicitado a corrida que o levou para os demais que o esperavam para realizar o assalto.

A morte, segundo as investigações, se deu pelo fato da vítima ter resistido ao roubo e tentado fugir acelerando a motocicleta. “Nós cumprimos três mandados de prisão ontem e um hoje contra os suspeitos pelo crime do mototaxista.
Na casa do Daylon, nós encontramos todo esse material ilícito, entre eles, armas de fogo, droga e dinheiro, caracterizando também os crimes de posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Foi um trabalho que demos uma resposta no tempo previsto e conseguimos tirar de circulação quatro pessoas perigosas acostumadas a cometer esses crimes de assalto ali pelo Taquari”, disse do delegado Sérgio Lopes.