SpaceX lança astronautas com sucesso; tripulação está a caminho da ISS

Após um adiamento na quarta-feira, aconteceu neste sábado (30) o primeiro voo espacial tripulado a partir dos EUA desde a aposentadoria dos ônibus espaciais, em 2011. O foguete Falcon 9 realizou seu trabalho conforme o esperado e levou a cápsula Crew Dragon à órbita terrestre, de onde a cápsula fará ajustes para um encontro com a Estação Espacial Internacional (ISS). A acoplagem está marcada para domingo.

A decolagem aconteceu às 14h22, conforme o previsto, partindo da plataforma 39A do Centro Espacial Kennedy, mesmo local de onde partiram a maioria das missões Apollo à Lua (nos anos 1960 e 1970) e dos ônibus espaciais (de 1981 a 2011). Doze minutos após a partida, a Crew Dragon já estava em órbita, em voo livre. A missão Demo-2 é o primeiro voo tripulado da SpaceX e, historicamente, o primeiro voo orbital tripulado de uma empresa privada. A bordo, dois astronautas da Nasa: Doug Hurley e Bob Behnken. Eles devem passar alguns meses na ISS e, com este voo de teste, marcam a transição para o transporte comercial de tripulantes em suporte às operações da estação.

A preparação seguiu o mesmo ritual da tentativa abortada de lançamento, na quarta-feira, com os astronautas se apresentando à SpaceX cerca de 4 horas antes da decolagem para o teste dos trajes e o subsequente embarque. O presidente Donald Trump, que havia ido até a Flórida para acompanhar o voo na tentativa malograda, não esteve por lá neste sábado. Hurley e Behnken receberam rápidas despedidas de seus familiares pouco antes da partida para a plataforma.

folha

Prefeitura e Seção Judiciária estudam melhorias no recolhimento de ISS

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, recebeu visita institucional do juiz federal Herley da Luz Brasil, diretor do Foro da Seção Judiciária do Estado do Acre e do diretor da Secretaria Administrativa da Justiça Federal, Josué Albuquerque. O encontro aconteceu na sala de reuniões da sede da Prefeitura de Rio Branco e contou com presença dos secretários de finanças, Edson Rigaud, da Casa Civil, Márcio Oliveira e de planejamento, Janete Santos.

“Viemos para agradecer a colaboração, cooperação que a Justiça Federal tem com Prefeitura e vice-versa. Viemos também para propor à prefeita Socorro Neri um modelo de sistema de pagamento e recolhimento do ISS”. Herley Luz explica que a Justiça Federal retém o Imposto Sobre Serviços prestados ao Órgão e recolhe para Prefeitura. “Buscamos, hoje, um termo de cooperação que promova celeridade e aumente a arrecadação do município”.

No encontro ambas as partes firmaram analisar a implantação da cooperação que proporcione celeridade, facilitando o pagamento e recolhimento do Imposto Sobre Serviços. Quanto ao aceno da cooperação a prefeita Socorro Neri ressalta que “identificamos que cooperação seja mais ampla”.

“A ideia é que essa retenção e o recolhimento sejam feitos pelo tribunal e o pagamento para prefeitura se dê de maneira automática através do SIAF (Sistema Integrado de Administração Financeira)”, considera o secretário municipal de Finanças, Edson Rigaud.

O que é o ISS?

O ISS é o Imposto Sobre Serviços. Ele é um tributo de competência dos municípios e Distrito Federal e incide sobre a prestação de serviços.

Quem deve pagar ISS da Prefeitura Municipal de Rio Branco?

O ISS da Prefeitura de Rio Branco é pago pelas empresas prestadoras de serviços e profissionais autônomos. Aqueles que se encaixam no primeiro caso deverão recolher o ISS, além dos demais impostos – como IR, PIS, COFINS, contribuição social ou, substituídos pelo Simples Nacional, caso optante.