Jenilson convida Francisco Djalma para participar de missão de saúde no Jordão

Deputado acreano destacou a importância da iniciativa. Novo presidente do TJAC aceitou o convite

O deputado estadual Jenilson Leite se reuniu com o desembargador Dr. Francisco Djalma, que presidirá o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) no biênio 2019-2020, com o objetivo de convidá-lo para irem juntos ao município de Jordão, no dia 19 de janeiro de 2019, data que inicia a viagem da I ação de saúde humanitária em homenagem ao médico Rosaldo Firmino Aguiar, o Dr. Baba.

O deputado explicou ao magistrado que na ação de saúde, além dos atendimentos médicos aos ribeirinhos, também serão ofertados atendimentos com profissionais da área da assistência social e da área jurídica. Jenilson enfatizou que o convite feito a ele [Djalma], têm inúmeros motivos, dentre eles: que na época da emancipação política de Jordão em 1992, ele era o juiz da comarca de Tarauacá e contribuiu significativamente na qualidade de representante máximo da justiça naquela jurisdição. Cuja assinatura está na ata da criação da cidade. O parlamentar explicou também, que a ação de saúde coincide com o novenário de São Sebastião. Festa que reúne inúmeras pessoas do município e das cidades vizinhas.

O Desembargador disse que recebia o convite com muita honra, de modo que, não poderia recusá-lo. Vale lembrar, que o magistrado participará do atendimento que será realizado na cidade, no dia 19 de janeiro. Depois, Jenilson Leite e os demais integrantes seguirão viagem para realizar os atendimentos aos ribeirinhos. Devido os compromissos na Corte, o magistrado não poderá fazer o percurso às margens do rio. Segundo Jenilson, a visita ao magistrado não se resumia apenas ao convite para ir ao Jordão, contudo, faz parte de um trabalho que ele vem fazendo de visitar os órgãos judiciais, dentre eles, o MPAC. “Iniciamos um trabalho de visitar os poderes judiciais, já estivemos no MPAC, e agora viemos nos colocar à disposição do TJAC. Aí aproveitamos a oportunidade para convidar o Dr. Djalma para ir ao Jordão e ver de perto a cidade que ele ajudou a construir sua emancipação política”.

Ao final da conversa, o desembargador Francisco Djalma que foi Juiz em Tarauacá, cidade natal do deputado e médico Jenilson Leite, perguntou que idade o mesmo tinha e o que fazia na época que residiu na cidade. O parlamentar respondeu que tinha 13 anos, estudava pela manhã e engraxava sapatos à tarde, “inclusive o senhor era meu cliente”, disse. O desembargador com expressão de felicidade e surpreso disse: “fico feliz em saber das suas conquistas deputado”, finaliza.

Desembargador Francisco Djalma é eleito presidente

A Corte de Justiça Acreana escolheu, nesta quarta-feira (31), os novos membros que integrarão a Administração do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) no biênio 2019-2021, durante sessão do Pleno Administrativo.

O desembargador Francisco Djalma foi eleito presidente; o desembargador Laudivon Nogueira, vice-presidente, e o desembargador Júnior Alberto, corregedor-geral da Justiça.

Na ocasião, foram eleitos ainda os novos presidentes das Câmaras Cíveis e Criminal, coordenador dos Juizados Especiais e o diretor da Escola do Poder Judiciário (ESJUD), além da escolha do membro titular na classe de desembargador para compor o próximo biênio no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). Todas as escolhas foram por unanimidade. Veja a lista abaixo da composição geral.

A presidente do TJAC, desembargadora Denise Bonfim, escolhida membro titular na classe de desembargador para o TRE-AC, ao anunciar o resultado, parabenizou os eleitos desejando felicidade e êxito em suas novas funções.

“Justiça de 1º grau será prioridade na nova gestão”, diz desembargador Francisco Djalma

Em seu pronunciamento, o desembargador Francisco Djalma agradeceu a confiança dos membros da Corte Acreana e ressaltou que a prioridade em sua gestão será o 1º grau da jurisdição.

“Farei o possível para dar o melhor de mim, pois meu compromisso será com o Poder Judiciário Acreano. Nossa prioridade será o 1º grau da jurisdição, mas também não esqueceremos do 2º grau. Será uma gestão compartilhada com toda a Corte”, ressaltou.

O vice-presidente eleito, desembargador Laudivon Nogueira, complementou enfatizando que, “fortalecer o 1º grau é fortalecer o 2º e que a sociedade é a ganhadora dos bons resultados alcançados”.

O desembargador Júnior Alberto, eleito corregedor-geral da Justiça, disse que dará continuidade aos serviços da Corregedoria-Geral, hoje na responsabilidade da desembargadora Waldirene Cordeiro. “Procurarei fazer da Justiça Acreana o espelho de boas práticas e merecedora de mais confiança”, disse.

Os desembargadores Samoel Evangelista e Roberto Barros, escolhidos para administrarem a Coordenadoria dos Juizados Especiais e a Esjud, respectivamente, agradeceram a confiança e parabenizaram os escolhidos para a nova gestão. (GECOM-TJAC)

Veja a composição para o biênio 2019-2021

Presidência

Desembargador Francisco Djalma – presidente
Desembargador Laudivon Nogueira – vice-presidente
Desembargador Júnior Alberto – corregedor-geral da Justiça

1ª Câmara Cível

Desembargador Luiz Camolez – presidente
Desembargadora Eva Evangelista
Desembargadora Denise Bonfim

2ª Câmara Cível

Desembargadora Waldirene Cordeiro – presidente
Desembargadora Refine Ferrari
Desembargador Roberto Barros

Câmara Criminal

Desembargador Elcio Mendes – presidente
Desembargador Pedro Ranzi
Desembargador Samoel Evangelista

ESJUD

Desembargador Roberto Barros
Coordenador dos Juizados Especiais
Desembargador Samoel Evangelista

Membro titular na classe de desembargador para TRE-AC

Desembargadora Denise Bonfim

Francisco Djalma assume o governo do Acre

O presidente, em exercício, do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, assumiu oficialmente, na tarde desta segunda-feira (27), o Governo do Acre. Ele responderá pelos atos administrativos do governo até esta terça-feira (28). A transferência está prevista no artigo 71, da Constituição do Estado do Acre.

Com a posse do desembargador Francisco Djalma como governador, em exercício, a Presidência do TJAC fica na responsabilidade da desembargadora Eva Evangelista, decana da Corte de Justiça Acreana.

É a terceira vez que o desembargador assume a pasta do Poder Executivo. Ele assume devido à ausência do governador Tião Viana, da vice-governadora Nazareth Araújo, do presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e da presidente do TJAC, desembargadora Denise Bonfim, que cumprem agenda institucional fora do Estado.