Gladson Cameli e Major Rocha participam da formatura de 107 militares dos Bombeiros

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, e o vice-governador, Major Wherles Rocha, participaram na manhã desta quarta-feira, 9, da Formatura de Promoção de Praças e do encerramento do Curso de Habilitação de Oficiais, no Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre. Foram promovidos 72 militares ao posto de 2º sargentos e 35 a subtenentes, que agora estão aptos a serem promovidos a primeiro posto do oficialato.

Gladson Cameli destacou a importância da promoção para os bombeiros e para o Estado. “Esse evento comprova que teremos ainda mais segurança para a população e o meu anseio é que o Corpo de Bombeiros esteja presente nos 22 municípios do Estado. O nosso desafio é dar direitos iguais para todos. Queremos fazer outras promoções, mais concursos públicos, chamar os concursados e colocar as contas do Estado em dia”, declarou o governador.

formatura 002

O vice-governador, Major Rocha, disse que esta cerimônia representa o reconhecimento prestado por muitos anos de serviço. “O policial bombeiro Militar tem durante a sua carreira esses processos que são reconhecimentos e com eles o crescimento que é merecido por sua dedicação à corporação e a sociedade acreana”, explicou Rocha.

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre, coronel Carlos Batista da Costa, disse que estes profissionais estão agora habilitados a ser promovidos ao posto de segundo-tenente, assim que houver disponibilidade no quadro. Ele ressalta que os terceiros sargentos que foram promovidos também recebem uma responsabilidade maior, após essa ascensão dentro da corporação. Os oficiais passaram por um batismo, comemorando com um banho, ao final da cerimônia, uma prática que os bombeiros têm para celebrarem suas promoções.

O coronel pontuou que está finalizando o novo planejamento estratégico para a corporação com a nova equipe do Governo do Estado. Batista recebeu o convite do Governo Gladson Cameli para continuar seu trabalho como comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Acre.

Participaram também da solenidade novo comandante-geral da Polícia Militar, Mário Cesar Freitas, o secretário de Segurança Pública, Paulo Cesar dos Santos, além de familiares dos formandos.

formatura 003

Emoção marca formatura da primeira turma da Educação de Jovens e Adultos

Os alunos da 1ª turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da escola municipal Luiza de Lima Cadaxo, localizada no Polo Agroflorestal Hélio Pimenta, distante 19 quilômetros da capital, receberam nesta quinta-feira, 20, o certificado de conclusão do Ensino Fundamental. O evento reuniu familiares, professores, ex-professores, coordenadores e gestores da secretaria municipal de Educação (Seme).

Os adultos formados concluíram cinco anos de estudos equivalentes aos I e II ciclos do Ensino Fundamental. Aos 73 anos de idade, Margarina Silva, teve como padrinho um dos doze filhos, de quem recebeu o anel de formatura. “Vencemos mais uma etapa, recebemos mais uma conquista. A Vitória está em nossas mãos”, disse ao conduzir o juramento da turma.

Produtor rural, Osvaldo Cesário, falou das dificuldades que teve que vencer para concluir o fundamental, aos 56 anos idade. “Não é fácil não. Trabalhar o dia todo no roçado, à noite percorrer o ramal pra chegar na escola. Mas nada é fácil, a gente precisa correr atrás. Todo mundo ajudava e hoje a gente está aqui”, disse seu Osvaldo, que estudou e se formou junto com a mulher dele, e foi à formatura acompanhado pelos filhos e sobrinhos.

Com a filha no colo e lágrimas nos olhos, Juliana Vieira falou do sentimento de gratidão. “Não foi fácil, foram muitas as dificuldades, mas muitas também as pessoas que nos ajudaram. Quero a agradecer a cada um que nos ajudou a vencer essa jornada”.

Orgulhosa, Adriana, a professora da turma, falou do sentimento do dever cumprido. “Foi a minha primeira experiência como professora. Assim como eles, também tive dificuldades. Me identifiquei com os alunos que são pessoas esforçadas, determinadas, que vinham pra aula com vontade de aprender”.

“Parabéns a todos pela perseverança para vencer essa caminhada de cinco anos. Uma caminhada cheia de encontros, desencontros, muitas histórias, Mas vocês resistiram e nós, da EJA ficamos muito satisfeitos. Que venham novas conquistas. Parabéns a cada um de vocês”, disse a coordenadora da EJA do Município, Jussara Bonfim.

Compromisso com a educação

A escolarização de pessoas com idade acima de 15 anos não é atribuição da municipalidade. Ainda assim, em Rio Branco, a EJA também está entre as prioridades. Em parceria com o governo do Estado, a modalidade é ofertada em 11 escolas da rede municipal de educação. “O município colabora com o esforço do Governo do Estado de efetivar a Educação de Jovens e Adultos. Em 2019 vamos intensificar esse esforço para que sigamos avançando para que, muot em breve não tenhamos pessoas sem saber ler e escrever, e que nenhum jovem que queira estudar esteja fora do escola. Nosso compromissos é garantir a efetivação do direito à aprendizagem a todas a pessoas, entre elas aquelas que não tiveram oportunidade na idade certa”, ressalta a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri.

Voltada a jovens e adultos que, por qualquer motivo, precisaram interromper os estudos, a EJA já transformou a vida de milhares de pessoas. Na escola Luiz Cadaxo, o atual diretor, o professor João Silva, destaca o esforço de todos envolvidos com a educação na região. “Os alunos são alunos que trabalham com a terra, de sol a sol, e todos os dias venciam o cansaço, a distância, para vir à noite à escola. Nossa equipe, a equipe da Seme, a Prefeitura não mediu esforço para garantir os recursos necessários. Posso dizer que o transporte escolar, conquistado com muito esforço e a merenda de qualidade, foram grandes aliados para a garantia da permanência na escola e do sucesso da aprendizagem dos alunos”.

Ex-aluno da Luiza Cadaxo, hoje professor e diretor eleito para o quadriênio 2018-2022, Izaquel Oliveira falou dos planos de sua gestão. “Nosso plano de trabalho inclui reforma e ampliação do espaço, bem como a criação de novas turmas de EJA. Já estamos nos preparando para, como fazemos todos os anos, fazer a busca ativa, ir de casa em casa, incentivar a volta às aulas.

“A EJA é um dos programas fantásticos da Prefeitura e do Estado que colabora com a inclusão de alunos em distorção idade/série, fazendo todo o processo de motivação para que eles voltem a estudar, isso tem sido importante porque a maioria tem conseguido concluir o ensino fundamental e dar sequência aos estudos em nível superior. É um trabalho que fazemos em regime de colaboração e o objetivo é que continue, destacou o secretário de Educação, Márcio Batista.

{gallery}fotos/2018/12-dezembro/22122018/galeria_formatura:::0:0{/gallery}

Inclusão: Formatura do SENAI emociona público

Surdos, oradores das turmas deram lição de superação e perseverança em seus discursos

“Eu sou surda. Mas pensam que sou deprimida ou angustiada por isso? Não. Estou junto com meu grupo de amigos, terminando meu curso de montador e reparador de computadores, assim como eles, que são ouvintes. Eu consegui”, comemorou a formanda Jéssica Ferraz, oradora da Escola SENAI cel. Auton Furtado, durante a solenidade de formatura da Aprendizagem Industrial do SENAI/AC, realizada na noite da última quarta-feira, 12 de dezembro, no Teatro Universitário da Ufac. Emocionando a todos, a ex-aluna fez questão de agradecer à instituição por todo o aprendizado que obteve ali.

Da mesma forma, pelo Instituto SENAI de Tecnologia, o orador foi o formando Ricardo Oliveira de Menezes, também surdo. “Gostei muito de ser aluno do SENAI. Independentemente da comunicação, não houve barreiras. Fiz muitos amigos, inclusive me convidavam para almoçar, mesmo não sabendo libras. Agradeço muito a todos”, relatou.

A formatura dos cursos de Aprendizagem Industrial do SENAI é, segundo o diretor regional João César Dotto, um dos momentos mais marcantes para a instituição. “Consolida o trabalho de um ano de plena dedicação, muito esforço, momento de reconhecimento dos alunos, dos pais e da sociedade, e de agradecimento especial para a nossa equipe de gestores”. Para a gerente de educação profissional, Geane Reis de Farias, o sentimento é de alegria, além de muita energia.

“A aprendizagem é o primeiro degrau de uma caminhada para a formação profissional e humana, pois propicia a formação técnica, o desenvolvimento moral, psicológico, ético e social dos jovens que passam por nossas unidades, numa articulação entre educação e trabalho. Esperamos despertar em cada um deles o desejo de continuar aprendendo e de manter viva a motivação necessária para a concretização de seus sonhos”, almeja a gestora.

Mercado exigente

Neste ano, mais de 600 alunos se matricularam nos cursos de aprendizagem do SENAI, nas unidades de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Parte integrante do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Acre (Sistema FIEAC), o SENAI apoia os setores industriais por meio da formação de recursos humanos e da prestação de serviços, como assistência técnica e tecnológica.

O presidente da FIEAC e do Conselho Regional do SENAI, José Adriano, aproveitou a ocasião para lembrar aos formandos que o mercado de trabalho exige cada vez mais profissionais competentes e qualificados. “Por isso, gostaríamos de agradecer a todas as empresas participantes pela confiança, a todos os instrutores pelo empenho e dedicação em compartilhar seus conhecimentos, a toda a equipe do SENAI e, especialmente, aos alunos. Todo os jovens aqui presentes têm em suas mãos não apenas um certificado, mas a esperança de concretizar sonhos”, finalizou o empresário.

{gallery}fotos/2018/12-dezembro/13122018/galeria_formatura:::0:0{/gallery}

Formatura Geral marca as comemorações dos 102 anos da Polícia Militar no Acre

A Polícia Militar do Acre realizou na manhã desta sexta-feira, 25, no pátio externo do Comando Geral, uma Formatura que marcou as comemorações dos 102 anos da entidade militar estadual.

A atividade fez parte da programação de aniversário da corporação, que durante todo o mês de maio incluiu atividades esportivas, como torneio de futebol, vôlei, atletismo, corrida de rua, bem como eventos culturais como concerto musical, exposição no Shopping, baile e cultos religiosos.

Durante a Formatura Geral, desfilaram membros da Polícia Militar e grupos como o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Banda da Policia Militar e Banda Mirim, Batalhão Ambiental, Cães de Guarda da Polícia Militar e outros.

O momento também marcou entrega de homenagens a membros da própria Polícia Militar, do Exército Brasileiro e de organizações jurídicas e civis que contribuíram com o desenvolvimento e trabalho da Corporação.

O governador em exercício Francisco Djalma da Silva esteve presente e destacou: “A segurança pública hoje no Brasil é tudo. A Polícia Militar representa nossa própria sobrevivência. O Estado e a sociedade como um todo estão mais preocupados com a violência e nós só temos que incentivar e fortalecer cada vez mais nosso policial militar”.

formatura pm1
Foramtura marcou a entrega de homenagens a membros da própria Polícia Militar, do Exército Brasileiro e de organizações jurídicas e civis – Foto/Sérgio Vale/Secom

Polícia que orgulha

A solenidade também foi marcada pelos dados estatísticos da Segurança Pública referentes aos primeiros quatro meses de 2018, com a redução de 34% na capital e de 23% nos casos de homicídios em todo estado, em comparação ao mesmo período de 2017.

O comandante da Polícia Militar, coronel Kinpara, destacou que o Estado não tem medido esforços para combater a criminalidade e o tráfico de drogas, com investimentos que tem garantido o fortalecimento da Polícia Militar e integração entre o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp).

“É um longo tempo de serviço prestado a sociedade acreana e heróis que defendem a sociedade. Combatemos o crime com olho no olho e nunca o toleraremos. Estamos recebendo viaturas, coletes, motocicletas, fardamento e estamos trabalhando não só a repressão, mas a prevenção, com a expectativa de atender 15 mil crianças com o Proerd [Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência] e mais 150 pela Banda Mirim”, destaca o comandante.

formatura pm3
Desfile contou com grupos como o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Banda da Policia Militar e Banda Mirim, Batalhão Ambiental, Cães de Guarda da Polícia Militar e outros – Foto/Sérgio Vale/Secom

Investimentos do governo

Só nos últimos dias, o governo do Estado entregou 15 novas viaturas e 79 coletes balísticos para Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros, além do Departamento da Polícia Técnico-Científica (DPTC). O Estado aplica mais de R$ 400 milhões por ano na segurança pública, pagando salários em dia e valorizando a tropa com reajustes.

As melhorias nos índices criminais também se devem ainda à implantação da Companhia de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) na capital e nas regionais do interior do estado, como também à realização das operações nos bairros e das ações integradas das unidades da corporação, além do trabalho realizado pelas demais forças de segurança pública.

formatura pm4
As melhorias nos índices criminais também se devem ainda à implantação da Companhia de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) – Foto/Sérgio Vale/Secom

{gallery}fotos/2018/05-maio/25052018/formatura_PM:::0:0{/gallery}