PRF/AC orienta motoristas que irão viajar nas férias

Muita gente costuma pegar a estrada nesse período de férias e é justamente nesta época do ano em que aumentam os números acidente de trânsito, para que isto não aconteça a Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta para alguns cuidados que devem ser tomados na hora de viajar.

“Esse período de férias, aproximadamente até final de janeiro a gente tem um registro maior acontecimentos, justamente por isso a polícia rodoviária federal faz todo ano a operação Rodovida, ela pega esse período de férias escolares, recessos e feriados que vai de 14 de dezembro até o dia 10 de março, o foco desta operação é redução de acidentes”, afirmou o inspetor da PRF no Acre Nelis Newton.

Newton cita alguns cuidados que os condutores devem ter na hora de viajar de carro ou motocicletas, entre eles estão: Respeitar a legislação de trânsito e principalmente redobrar nas rodovias e estradas.

“A orientação que a gente dá é durante o deslocamento, evitar ultrapassagem em local proibido, excesso de velocidade, consumo de bebida alcoólicas e outro ponto muito importante é a utilização do cinto de segurança de todos os ocupantes do veículo, inclusive do banco traseiro onde as pessoas não costumam usar”.

Outro ponto que de acordo com a polícia precisa de atenção redobrada é com as condições da vias. “Ainda com relação ao deslocamento, a gente tem orientado bastante com relação as condições das vias, principalmente nesse período chuvoso, as vezes estão bem esburacadas, e com as chuvas as pistas ficam escorregadias e diminui a visibilidade, temos reforçando bastante a questão da atenção nas estradas”, afirmou.

E para evitar qualquer tipo problema não esqueça da documentação. “Com relação a fiscalização, não esquecer da documentação do veículo e a documentação pessoal”, lembrou o inspetor.

As condições do veículo também não pode passar despercebido, antes de pegar a estrada é necessário verificar se o automóvel está dentro dos padrões de segurança para os ocupantes.

Sesc abre inscrições para o “Brincando nas Férias”; projeto começa dia 21/01

No cronograma de 2019 serão realizadas as atividades rotativas

Na Capital Rio Branco a pausa no calendário escolar será desfrutada a partir de janeiro pelo público infantil (05 a 11 anos) com uma série de atividades recreativas nas Unidades do Serviço Social do Comercio – Sesc no Acre. Trata-se do Projeto “Brincando nas Férias”, com uma extensa programação no período de 21 de janeiro a 01 de fevereiro no horário da manhã. As inscrições estão abertas até 18 de janeiro de 2019. Vagas limitadas.

No cronograma de 2019 serão realizadas as atividades rotativas: recreativas e desportivas e as atividades culturais. O Projeto “Brincando nas Férias” acontece no Centro de Atividades do Sesc Bosque, uma área ampla que conta com uma equipe totalmente capacitada para atender as crianças.

Atividades

Atividades recreativas, banhos de piscina, brincadeiras tradicionais, jogos de mesas, atividades esportivas (futebol, voleibol, handebol, basquetebol, futsal); atividades culturais, histórias em quadrinhos e Produção de vídeos, contações de histórias, jogos teatrais; atividades de saúde com jogos de quiz e gincanas.

Para se inscrever é necessário: Carteira do Sesc atualizada (para comerciários) e certidão de nascimento. As inscrições vão até 18 de Janeiro de 2019 nas centrais de atendimento do Sesc.

Informações; (68) 3302 1050 e 3302 2920

Ford concede férias coletivas e paralisa produção por 21 dias

Seguindo a General Motors (GM), a montadora Ford também vai conceder férias coletivas de 21 dias a cerca de 3 mil trabalhadores da fábrica de São Bernardo do Campo. Eles ficam em casa do dia 6 a 31 de março. Segundo a Ford, a parada ocorre para ajustar o volume de produção à demanda do mercado.

Depois da GM, a Ford é a segunda fabricante com mais operários em lay-off (suspensão de contrato de trabalho). Ao todo, são 710 pessoas, o que equivale a 18% de seus 4 mil funcionários. Desse total, 450 estão afastados desde outubro e 260, desde janeiro de 2016. Esta é a segunda vez em menos de dois meses que a montadora concede férias coletivas. As últimas paradas havia sido entre 26 de dezembro de 2016 e 6 de janeiro de 2017.

GM estende lay-off e concede férias coletivas

Na terça-feira (7), a GM estendeu por 70 dias a manutenção de 751 metalúrgicos da fábrica de São Caetano do Sul, no ABC paulista, no regime de lay-off. A informação foi dada pelo sindicato da categoria. Há dois anos, esses funcionários estão parados.

Segundo o sindicato, o prazo para o fim do lay-off seria nesta quinta-feira (9), mas foi prorrogado até 19 de abril. Paralelamente, a montadora pretende abrir um Programa de Demissão Voluntária (PDV).

A expectativa dos líderes dos trabalhadores é ganhar tempo para tentar preservar os empregos ameaçados. Por meio de nota divulgada na segunda-feira (6), o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul, Francisco Nunes, tinha manifestado a intenção de uma prorrogação por prazo um pouco maior, por mais três meses.

A unidade da GM em São Caetano do Sul tem cerca de 9,5 mil trabalhadores que entrarão em férias coletivas de 7 a 26 de março. Com o feriado de carnaval, eles ficarão em torno de um mês sem trabalhar.

A unidade de São José dos Campos também vai conceder férias coletivas para 2,2 mil trabalhadores, do total de 5 mil que atuam na fábrica. Eles interrompem as atividades na próxima segunda-feira (13), mas o retorno está programado para 2 de março.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, o cancelamento da exportação de 15 mil veículos pela GM para o México levou a montadora a abrir férias coletivas na fábrica da cidade. O sindicato informou que vai pedir uma audiência pública com os ministros da Indústria e Comércio, Marcos Pereira, e das Relações Exteriores, José Serra, para debater o tema.

Volkswagen dá folgas estendidas

Incluída no Plano de Proteção ao Emprego (PPE), a unidade da Volkswagen em São José dos Campos adota folgas semanais às sextas-feiras. A parada será condensada em um período corrido, de 22 de fevereiro a 6 de março. Após o retorno, a carga horária será normalizada, de segunda a sexta. A montadora não comenta a interrupção.

As paralisações acontecem após um início de ano considerado positivo pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Na segunda-feira (6), a entidade anunciou que a produção de veículos em janeiro cresceu 17,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, chegando a 174,1 mil unidades fabricadas.

As vendas de veículos, no entanto, registram queda de 5,2% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano passado. “O número de janeiro frustrou as nossas expectativas. Claro que tem a questão da sazonalidade [queda da produção típica do início do ano], mas esperávamos chegar, pelo menos, no mesmo nível de janeiro de 2016”, disse o presidente da Anfavea, Antonio Megale. A entidade mantém a projeção do setor para 2017. “Continuamos com a previsão de crescimento de 4% na venda de autoveículos novos; 7,2% nas exportações e de 11,9% na produção”, acrescentou Megale.