Na Ufac, Adelaide de Fátima apresenta perspectivas para o setor florestal do Acre

Por ser referência na área, a presidente da FIEAC em exercício, Adelaide de Fátima Oliveira, foi convidada para participar da 12ª Semana Florestal do Acre, na Ufac, nesta quarta-feira, 19 de setembro, onde ministrou a palestra “Setor Florestal: Cenário e Perspectivas”. O evento é uma realização de acadêmicos do curso de engenharia florestal da Ufac, que visa apresentar um panorama do mercado de trabalho aos futuros profissionais do segmento no estado.

Entre os assuntos abordados pela empresária, destacaram-se os gargalos que o setor enfrenta, tais como a demora para a liberação dos planos de manejo; a morosidade na liberação de licenças de operação; encargos fiscais e competição desigual com comércio de madeira ilegal. Por outro lado, Fátima também abordou as possíveis saídas para tantos impasses, como a reativação efetiva do Conselho de Florestas; do Escritório de Manejo Florestal no Imac (Instituto de Meio Ambiente do Acre); instituição de políticas de incentivo às indústrias; programa de capacitação para atividades da cadeia produtiva de madeira e móveis; marketing e divulgação periódica sobre as atividades florestais no estado, entre outras.

Certificação própria

“Acredito que também podemos ter uma certificação própria. Nós podemos ter um selo verde nosso”, acrescentou a presidente da FIEAC em exercício. Segundo ela, a atividade ainda sofre discriminação por se tratar da extração de madeira. “O que evidencia a necessidade de promover a disseminação de conhecimentos e divulgação sobre o que é, como se faz e quais os resultados gerados a partir da execução de um plano de manejo florestal sustentável”, ensinou.

De acordo com o acadêmico do 8º período, Rodrigo Ribeiro, que também coordenou o evento, Fátima foi o primeiro nome a ser lembrado para ministrar palestra sobre o tema na Semana Florestal. “Quisemos trazer alguém com respaldo para falar sobre o eixo temático do mercado florestal, portanto ela era a melhor opção. Foi uma palestra muito boa, pois ela tem muito conhecimento, abrange muitos assuntos e fala com propriedade sobre a realidade do mercado”, elogiou.