Alunos da Escola Sesi participam da etapa nacional do F1 in Schools no Rio de Janeiro

Alunos da Escola Sesi Marília Santana, vão representar o Acre na etapa nacional do projeto educacional F1 in Schools, que conta com parcerias como a Zoom (organização educacional) e a Associação Projetando o Futuro, que acontece entre os dias 15 e 17 de março, no Rio de Janeiro.

O projeto educacional F1 in Schools nasceu há 14 anos na Inglaterra e hoje existe no mundo inteiro – cerca de 40 Países. Tem como objetivo estimular os alunos a terem contato com técnicas de empreendedorismo e tecnologia de ponta, usando a vivência do ambiente real da Fórmula 1.

Pelas regras do programa, os alunos de 12 a 19 anos se organizam em equipes de 5 a 6 alunos, montam uma escuderia – a dos alunos acreanos leva o nome de Jungle Stars – e simulam todas as fases necessárias para a constituição de uma microempresa: Planejamento estratégico e financeiro, Elaboração e Execução de projetos, obtenção e gestão de recursos, Marketing e Comunicação, Trabalho em equipe e Criatividade, tudo sob a orientação de professores que receberam a devida capacitação.

Durante um período, estabelecido pelo programa, os alunos precisam: Definir os cargos e responsabilidades de cada membro; Criar o nome e logotipo da escuderia; Elaborar um plano de negócio e um orçamento do projeto; Criar um plano de marketing; Desenvolver e projetar um carro de f1 em programas de computador CAD/CAM (licença fornecida gratuitamente); Criar aerofólios, eixos e rodas utilizando recursos tecnológicos como impressão 3D; Realizar testes aerodinâmicos em túnel de vento digital; Criar a identidade visual da equipe e o estande de exibição.

Eles também estão desenvolvendo uma ação social com leitura de livros e arrecadação de alimentos para idosos. E criaram ainda páginas nas redes sociais para divulgar as atividades desenvolvidas pela equipe. 

Os resultados serão apresentados durante a fase nacional da competição, que acontece entre os dias 15 e 17 de março no Rio de Janeiro. A Escola Sesi será a única representante do Acre no evento.

“Estamos nos preparando muito para essa competição. Sabemos que os desafios são muitos, mas com o apoio do presidente José Adriano, da coordenação e dos professores, estamos motivados. O mais importante é que, esse programa, nos trouxe uma nova visão, melhoramos muito nosso rendimento na sala de aula e nossa visão de futuro”, detalha a aluna Maria Luisa Crispim.

Os alunos acreanos vão competir com os estudantes da Rede Sesi, que tem uma vaga assegurada para a fase mundial da competição, que acontecerá em Singapura, no segundo semestre de 2019.

Mas, para participar da competição, eles precisam de patrocínio, pois as despesas, de acordo com as regras do programa, devem ser financiadas por patrocinadores. Quem deseja apoiar os estudantes podem procurar a equipe na Escola Sesi. 

Sobre o F1 in Schools

O projeto educacional F1 in Schools nasceu há 14 anos na Inglaterra e hoje existe no mundo inteiro – cerca de 40 Países. Tem como objetivo  estimular os alunos a terem contato com técnicas de empreendedorismo e tecnologia de ponta, usando a vivência do ambiente real da Fórmula 1. Visto ser um projeto mundial, ele é realizado seguindo o calendário europeu: inicia em Setembro/Outubro, a Final Nacional em Abril e a Final Mundial no segundo semestre.

Sobre a Associação Projetando o Futuro

A Associação Projetando o Futuro é uma entidade sem fins lucrativos dedicada a projetos educacionais que ofereçam aos alunos oportunidades de desenvolver práticas de empreendedorismo, uso de programas de engenharia, acesso a tecnologias modernas e contato com empresas de diversas áreas permitindo vivenciar experiências fora das paredes das escolas.

As atividades do programa foram iniciadas trazendo dois projetos que foram implantados inicialmente na Inglaterra há mais de 14 anos – F1 in Schools e o 4×4 Technological Challenge Jaguar Land Rover. Ambos apresentam a mesma proposta pedagógica diferenciando no produto final desenvolvido pelos alunos.

É através do estudo do empreendedorismo que se toma conhecimento de que a vida escolar não se resume a obter um diploma que possa garantir a colocação em algum emprego futuro.

Sobre a ZOOM

A ZOOM education for life desenvolve e implementa soluções educacionais e inovadoras para o desenvolvimento integral de crianças e jovens.

Os Programas trabalham na perspectiva de uma educação pautada na metodologia do “aprender fazendo”, de trabalho em equipe, de planejamento e execução de projetos, o que possibilita o desenvolvimento de competências e habilidades essenciais para a vida.

Feav fecha 3ª etapa do estadual de vôlei de praia

A terceira etapa do Campeonato Acreano de Vôlei de Praia adulto masculino e feminino foi encerrada no domingo (4), na quadra de areia da Associação Atlética Bando Brasil (AABB).

A etapa contou com a presença de quatro duplas no naipe feminino e seis no masculino. No naipe masculino a dupla formada por Hisack Silva e Júlio Silva ficou com o título da etapa. Junior França e Léo Mota terminaram em segundo. Entre as mulheres, a dupla formada Rayane Gomes e Nádia Lopes superou na grande final a dupla Adelaide Viana e Mauri Sales

Conforme dados da Federação Acreana de Voleibol (Feav), organizadora da competição, a etapa deste final de semana contou com 18 jogos ao todo para definir os campeões.

Classificação

Masculino

1º lugar – Hisack Silva e Júlio Silva
2º lugar – Junior França e Léo Mota
3º lugar – Ed Taumaturgo e Nildo Carvalho

Feminino

1º lugar – Rayane Gomes e Nádia Lopes
2º lugar – Adelaide Viana e Mauri Sales
3º lugar – Erlane Mota e Anne Littrell

Tião anuncia primeira etapa do Hospital de Brasileia para o final de agosto

O governador Tião Viana visitou na manhã deste sábado, 4, as obras do Hospital de Brasileia, retomadas após os fim dos entraves burocráticos e que seguem em ritmo intenso. Com grande orgulho, ele aproveitou para anunciar que até o dia 31 de agosto o governo espera entregar a primeira etapa da obra, transferindo todo o funcionamento do Hospital Raimundo Chaar para a nova unidade.

“É uma obra de mais de R$ 80 milhões e agora essa é nossa etapa final. A nossa luta intensa entre o governo, a secretaria de Saúde, a comunidade e as empresas envolvidas é que até o final deste mês a gente já transfira o Hospital Chaar pra cá, para atender na urgência, emergência, observação clínica, no laboratório e com a primeira etapa do Centro Cirúrgico”, ressaltou o governador Tião Viana.

Anunciado como um dos maiores hospitais da Amazônia, o novo Hospital de Brasileia está com mais de 90% de sua infraestrutura já concluída em toda sua área de 12 mil metros quadrados e atenderá uma população de mais de 100 mil pessoas em toda a região do Alto Acre, incluindo pacientes dos países das fronteiras do Peru e Bolívia que buscam atendimento pelo SUS.

Ao ser totalmente finalizado, o novo hospital vai disponibilizar 42 leitos, sendo 7 leitos cirúrgicos, 12 leitos clínicos, 11 leitos obstétricos, 3 leitos de pneumologia sanitária e 9 leitos pediátricos. As obras estão com três turnos de trabalho, com até 150 funcionários.

O secretário de Obras Públicas, Átila Pinheiro completa: “Temos várias ações hoje dentro do hospital, desde o fechamento do piso, toda a parte de hidráulica, elétrica. É uma ação muito incisiva para vencermos todos os desafios e entregarmos até o final do mês a primeira etapa do novo Hospital de Brasileia”.

hospital brasileia2

Reforço na saúde

Além do Hospital Regional de Brasileia, o governo do Estado prepara a entrega de um pacote de importantes obras para o setor da saúde estadual até dezembro, à exemplo da verticalização do Hospital de Urgências e Emergências de Rio Branco (Huerb), maior porta de entrada para situações de maior gravidade do Acre, atendendo também pacientes de outros estados e até do Peru e da Bolívia.

Outra importante obra prevista para setembro é o Complexo do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into), além do Centro de Diagnóstico por Imagem, que já está em funcionamento e contabiliza até agora mais de 143 mil exames de raio x; mais de 15 mil exames de ultrassonografia, 62 mil tomografias computadorizadas e mais de 25,6 mil exames de ressonância magnética, o complexo terá o Centro Especializado em Reabilitação (CER III) e o Lago do Amor para tratamentos de recuperação de pacientes neurológicos e ortopédicos.

O CER III, Centro de Referência Especializado em Reabilitação (visual – oftalmologia, auditiva – otorrinolaringologia, intelectual – neurologia e reabilitação física – fisiatria, ortopedia e neurologia), é um investimento de 5 milhões em obras, além de mais 7 milhões em aquisição de equipamentos e mobiliários.

Já a urbanização do Lago do Amor, área adjacente ao Into, além de se tornar mais uma opção de lazer aos acreanos, vai ajudar no tratamento dos portadores de doenças neurológicas com a hidroterapia, usada na reabilitação física dos pacientes.

hospital brasileia3

Depasa inicia nova etapa de interligação da rede de esgoto na Getúlio Vargas

O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), iniciou nesta quinta-feira, 26, nova etapa dos serviços de interligação da rede coletora de esgoto na Avenida Getúlio Vargas, bairro Bosque, em Rio Branco.

Com a execução dessas obras, a via está interditada parcialmente no trecho que compreende o Serviço Social do Comércio (Sesc) até a Rua João XXIII, nas proximidades do Supermercado Pague Pouco, na pista que segue o sentido bairro/centro. As intervenções foram autorizadas pela Superintendência Municipal de Trânsito (RBTrans) e seguem até domingo, 29.

“Os serviços ocorrerão durante o resto da semana, no horário das 7 às 19 horas. Como não há intervenção total da via, o fluxo de veículos particulares e de transporte coletivo segue normalmente, de acordo com as sinalizações existentes no local”, informa a coordenadora de projetos do Depasa, Andreya Abomorad.

Foram iniciados os trabalhos de escavações, reestruturação do solo e implantação das tubulações da rede coletora de esgoto. Assim que forem concluídas essas etapas, será realizada a reposição da camada asfáltica. A intervenção conecta os sistemas de esgotamento sanitário dos conjuntos habitacionais Village, Procon, parte da Conquista e regiões adjacentes em direção à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do São Francisco.

“São intervenções complexas, pois as redes atuam nas principais ruas da cidade e podem apresentar algum desconforto para a população. No entanto, estaremos melhorando as condições de esgotamento sanitário da região”, relara o coordenador de contato social do Depasa, Nier Pinheiro.

Com o apoio do Ministério das Cidades, a gestão Tião Viana aplica nessas ações os recursos de R$ 10 milhões em estruturas que melhoram os índices de tratamento de esgoto na capital. “No ano 2000, a capacidade de tratamento de esgoto em Rio Branco era de 15%. Com os investimentos do poder público, em 2016 atingimos o índice de 75% de cobertura de tratamento, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento [SNIS]”, destaca o diretor-técnico do Depasa, Anderson Mariano.

Etapa universitária do FEC é sucesso na Ufac

A 3ª edição do Festival Estudantil (FEC) em Rio Branco reuniu dezenas de universitários no fim da tarde desta quinta-feira, 12, no Centro de Convenções da Universidade Federal do Acre (Ufac). O dia musical foi aberto pela estudante Aline Santos Silva, que interpretou Velha Infância, sucesso dos Tribalhistas, e foi muito aplaudida.

Depois de Aline seguiram-se cerca de 30 outras apresentações, todas de estudantes das universidades públicas e particulares da capital. Transmitido ao vivo pelo Facebook. A audiência registrou centenas de visualizações e participação do público até de outras cidades. “Manuel Urbano está torcendo”, disse Klyngen Silva, estudante de Manuel Urbano.

Realizado pela Prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria da Juventude (SEJUV) com apoio da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e parceria do Governo, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e Fundação Elias Mansour (FEM), desde que foi criado, há três anos, o FEC alcançou estudantes de 149 escolas Ensino Médio urbanas e rurais, chegando agora às instituições de Ensino Superior.

A etapa universitária, lembrou o secretário da Juventude Rio Branco, Daniel Alves, é a grande novidade do FEC este ano. “Essa etapa representa uma nova fase na programação cultural de Rio Branco, o incentivo à revelação de artistas locais”, disse Daniel. Nada menos que 311 estudantes de 48 escolas municipais e estaduais, públicas e particulares, além de universidades se inscreveram no FEC 2018, que terá seis etapas eliminatórias. A grande final acontece no dia 10 de agosto da Praça da Juventude, no Segundo Distrito.

Os organizadores do FEC lembram que a página oficial do festival continua ativa nas redes sociais. Por meio da ferramenta, interessados podem acompanhar o andamento do projeto e as novidades de cada etapa. Nesta sexta-feira, 13, por exemplo, acontece a etapa Centro, às 14h, no Cerb. Escolas localizadas na região central de Rio Branco, com José Rodrigues Leite, Colégio de Aplicação e Instituto São José, entre outros, estarão com seus representantes se apresentando quadra do Cerb.

No FEC deste ano serão premiados os três primeiros colocados, sendo R$3 mil para o 1º lugar, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro colocado. O vídeo mais curtido nas redes sociais receberá prêmio no valor de R$ 500,00. A torcida mais atuante será premiada com kit de Rádio Escolar.

fec1